F3 British Championship Últimas notícias

Conheça Roberto Faria, o brasileiro que faz sucesso na F3 Britânica em 2021

Piloto carioca de 17 anos é o terceiro colocado em um dos campeonatos mais tradicionais do mundo

Conheça Roberto Faria, o brasileiro que faz sucesso na F3 Britânica em 2021

Entre as categorias de base em monopostos mais tradicionais do mundo, a Fórmula 3 Britânica, hoje rebatizada de GB3, é uma das que mais recebeu brasileiros em sua história, incluindo nomes como Emerson Fittipaldi, José Carlos Pace, Nelson Piquet, Chico Serra, Ayrton Senna, Rubens Barrichello, Felipe Nasr, entre outros.

Leia também:

No último ano e meio um novo nome representando o País está lá, o carioca Roberto Faria, de apenas 17 anos. Ele tem se destacado em terras britânicas, especialmente na atual temporada, em que neste momento ocupa a terceira colocação, com 283 pontos, atrás do líder Zak O'Sullivan e de Christian Mansell.

Roberto Faria em Spa

Roberto Faria em Spa

Photo by: Jakob Ebrey

Faria já subiu ao pódio em cinco das seis etapas até agora e viu o ponto alto em seu campeonato ao conquistar a vitória na terceira corrida da etapa de Spa-Francorchamps, na Bélgica.

O piloto ainda estuda e mora na Inglaterra desde 2019, vindo de uma carreira sólida no kart.

"Comecei a andar de Kart com 10 anos de idade em Guapimirim. Foi meio tarde, por isso escolhi sempre ir para categorias acima das indicadas para a minha idade para aprender o mais rápido possível. Em paralelo ao kart no Brasil, também fui pra Europa. Fiz a temporada completa de 2018 tanto do Europeu quanto do mundial", disse Faria ao Motorsport.com.

Em 2015, com 11 anos, foi campeão carioca na categoria Cadete. No ano seguinte, já na Júnior Menor, foi vice-campeão paulista e da Copa do Brasil e bicampeão carioca. Em 2018, já como tricampeão carioca, participou do Campeonato Paulista Light e do Brasileiro na Categoria Júnior. Correu também na Copa do Brasil e na temporada completa dos campeonatos Europeu e Mundial.

A estreia nos carros aconteceu na F4 Britânica, passando para a F3 Britânica em setembro de 2020, fazendo a parte final da temporada passada. Neste ano, além da GB3, Faria também fez uma curta passagem pela F3 Asiática, para pegar experiência.

“Com 15 anos (2019) eu me mudei para a Inglaterra para entrar na F4 Britânica. Fiz uma temporada completa e no segundo ano veio a pandemia. Na metade do campeonato eu migrei para a F3 Britânica. Foi a melhor coisa que eu fiz, porque ganhei experiência e nesse ano estamos colhendo os resultados.”

Roberto Faria

Roberto Faria

Photo by: Jakob Ebrey

Assim como 10 entre 10 jovens pilotos brasileiros, o piloto sonha com a Fórmula 1, mas mantém os pés no chão em seu discurso: “Meu objetivo principal é ser piloto da F1, mas acima de tudo, eu quero viver do automobilismo. Então se eu conseguir viver disso, terei meu objetivo concluído.”

Sobre ídolos, Faria destaca os campeões mundiais brasileiros, mesmo com tão puca idade: “Tenho vários ídolos no esporte, mas os três principais são Senna, Piquet e Fittipaldi."

F1: Saiba detalhes da REUNIÃO SECRETA que poderia sacramentar SENNA na FERRARI dias antes de morrer

PODCAST: Luciano Burti abre o jogo sobre F1, Globo e ausência na Band

 

.

 

compartilhar
comentários
Carregar comentários