Diretor de provas da F1: "Punições de Verstappen e Hamilton não são comparáveis"

Michael Masi explicou porque holandês levou penalidade no grid do GP da Rússia por acidente em Monza enquanto britânico recebeu dez segundos em Silverstone

Diretor de provas da F1: "Punições de Verstappen e Hamilton não são comparáveis"

O diretor de provas da Fórmula 1, Michael Masi, disse que a penalidade de Max Verstappen pelo acidente com Lewis Hamilton no GP da Itália não pode ser comparada à que o piloto da Mercedes recebeu em Silverstone. Os rivais fizeram contato enquanto lutavam pela liderança em Silverstone na curva Copse, com o piloto da Red Bull batendo forte contra as barreiras.

O heptacampeão recebeu uma penalidade de dez segundos pelo acidente, mas ainda assim conseguiu vencer a corrida. A dupla colidiu mais uma vez em Monza no último fim de semana, embora dessa vez ambos tenham abandonado.

Leia também:

Os comissários decidiram que Verstappen era o principal culpado pelo acidente e o puniram com três posições no grid para a próxima corrida na Rússia. Embora possa excluí-lo da luta pela vitória, Masi acredita que a situação não pode ser comparada com Hamilton em Silverstone, porque dar ao holandês uma penalidade de tempo em Monza não teria mudado nada já que ele ficou de fora da prova.

"Acho que uma das coisas que geralmente concordamos entre as equipes é que há uma penalidade de cinco ou dez segundos, mais ou menos, entre os dois", disse Masi. "Então você sabe, precisa olhar para isso na base de que se eles tivessem continuado, teria sido a pena de tempo na corrida. No entanto, não foi o caso."

"Você não pode equivaler à Grã-Bretanha de forma alguma, você tem dois carros destruídos em um incidente, contra um retirado em outro. Como eles pararam, não podiam continuar cumprindo punição. É o que estou tentando explicar."

"Portanto, uma penalidade de grid, como vimos, é o que se aplica, como combinamos com todas as equipes, quando alguém não continua", acrescentou.

Max Verstappen, Red Bull Racing, walks away from his car after colliding with Lewis Hamilton, Mercedes W12

Max Verstappen, Red Bull Racing, walks away from his car after colliding with Lewis Hamilton, Mercedes W12

Photo by: Jerry Andre / Motorsport Images

Masi também sugeriu que não está preocupado com a escalada da luta entre Hamilton e Verstappen em mais acidentes nas corridas restantes da temporada.

"Acho que é uma percepção para alguns, dependendo de qual pessoa você procura apoiar", disse ele. "Eu acho que se você perguntar para Christian [Horner], provavelmente terá uma perspectiva completamente diferente."

"Então, não vou entrar nos jogos. Temos um campeonato muito disputado e emocionante entre dois pilotos fantásticos. Essa é a parte em que todos devemos nos concentrar", finalizou.

Giaffone OPINA sobre BATIDA Verstappen/Hamilton, dá BASTIDORES dos comissários e projeta RIVALIDADE

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: Caótico GP da Itália acirra ainda mais rivalidade Hamilton x Verstappen na F1

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Horner atribui parada lenta de Verstappen em Monza às mudanças no pit stop

Artigo anterior

F1: Horner atribui parada lenta de Verstappen em Monza às mudanças no pit stop

Próximo artigo

F1: Albon não terá dados completos de motor Mercedes na Williams; entenda

F1: Albon não terá dados completos de motor Mercedes na Williams; entenda
Carregar comentários