F1: Alonso determina condições para seguir no grid após 2022

Piloto espanhol não vê razão para não permanecer na categoria caso ele e a Alpine continuem melhorando

F1: Alonso determina condições para seguir no grid após 2022

Fernando Alonso disse que não vê razão para não permanecer na Fórmula 1 depois de 2022, caso ele e a Alpine continuem melhorando - o espanhol confirmou recentemente que permaneceria com a equipe francesa no próximo ano.

Embora Alonso faça 41 anos quando seu contrato atual terminar, ele acha que a idade não é um obstáculo na F1.

Leia também:

Ele acredita que se conseguir manter o progresso, assim como a Alpine, haveria todas as razões para querer continuar na categoria.

“Espero que no próximo ano tenhamos um pacote que possamos lutar por posições competitivas, um passo melhor do que este ano”, disse. “Esse é o alvo."

“Tínhamos expectativa este ano, depois dos três pódios da Renault no ano passado, de que poderíamos lutar por três ou quatro pódios na temporada. Mas provavelmente não encontramos isso."

“Acho que a Ferrari melhorou muito. A AlphaTauri melhorou, a McLaren deu um passo à frente com um motor Mercedes. Portanto, descobrimos que estamos lutando apenas entre a oitava e a 12ª posições este ano. Então, queremos melhorar ano que vem, essa será a primeira meta. Isso provavelmente me encorajará a continuar depois disso."

“E do meu lado preciso continuar melhorando. Como já disse várias vezes, provavelmente ainda não estou 100%, e há dias que mostram que ainda preciso melhorar em algumas áreas."

“No próximo ano, se eu ver algum progresso e se eu continuar melhorando, continuar gostando, por que não continuar correndo?”

Alonso disse que não avançaria até 2023 caso sinta que não consegue dar o seu melhor.

“Se eu sentir que não estou no ritmo ou não estou fazendo um bom trabalho, serei o primeiro a levantar a mão e dizer, sabe, talvez um novo rosto seja melhor para a equipe”, afirmou.

“Mas espero que não. Espero poder levantar a mão e dizer que estou pronto para o desafio em 2023", concluiu.

F1 em Spa: HIPOCRISIA dos PONTOS, MOTIVOS para a NÃO-corrida, PISTOLADA de pilotos, TAPETÃO e causos

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #128 - GP da Bélgica foi o maior fiasco da história da F1?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
Gasly diz que F1 deve abordar problema de spray após má visibilidade em Spa
Artigo anterior

Gasly diz que F1 deve abordar problema de spray após má visibilidade em Spa

Próximo artigo

Verstappen defende que F1 deveria começar GPs mais cedo em casos como Spa

Verstappen defende que F1 deveria começar GPs mais cedo em casos como Spa
Carregar comentários