F1: Bottas desconversa sobre troca de motor, mas diz que era necessário "para terminar a corrida"

Finlandês explicou dificuldade para ultrapassar carros e diz que chuva salvou resultado deste domingo

F1: Bottas desconversa sobre troca de motor, mas diz que era necessário "para terminar a corrida"

Se a Mercedes seguiu adiante com a troca do motor de Valtteri Bottas neste domingo para barrar a recuperação de Max Verstappen no GP da Rússia de Fórmula 1, o plano não deu muito certo, com o holandês superando o finlandês ainda no começo para terminar em segundo. E Bottas desconversou sobre a troca após a corrida, defendendo que a mudança se deu por algum problema.

Bottas largou em 16º enquanto Verstappen saiu de 20º, mas conseguiu segurar o holandês apenas até o início da volta sete. E enquanto o piloto da Red Bull seguiu avançando pelo grid, chegando até a sexta posição no momento de sua troca de pneus, o finlandês teve mais dificuldades para ultrapassar os demais carros e aproveitou a chuva para controlar danos, terminando em quinto.

Leia também:

Questionado se o resultado deste domingo, com a quinta posição, era algo ok após passar boa parte da corrida sofrendo com o tráfego, Bottas concordou.

"Sim, foi bem mais difícil de ultrapassar hoje do que eu pensei. Sempre que chegava próximo no setor intermediário ou no último, eu acaba saindo muito de traseira e, para alguns carros, parecia mais fácil por algum motivo".

"Mas foi muito, muito complicado. E acho que a chuva nos salvou hoje, para que conquistássemos alguns pontos".

Bottas falou ainda sobre a ultrapassagem de Verstappen. Com a troca de motor de última hora sendo vista como uma forma de segurar o rival de Lewis Hamilton, chamou a atenção a facilidade com a qual o holandês conseguiu passar ainda nas primeiras voltas.

"Ele parece ter obtido bons ganhos, em termos de progressão. E eu não conseguia fazer isso. Não, não tive chances. Precisamos olhar para isso".

"No final, acho que tomamos a decisão certa [sobre a parada na chuva]. Entrei cedo. Eu tentei parar uma volta mais cedo, mas a equipe não estava pronta. Então eu acho que poderíamos ter lutado pelo pódio mas, mesmo assim, fui um dos primeiros a parar, o que foi o correto".

Questionado sobre a decisão da equipe de trocar a unidade de potência antes da corrida, Bottas tentou desconversar:  "Bem, eu meio que tinha que mudar, então é isso". O finlandês ainda se reservou a falar que tinha "alguns problemas".

Bottas ainda disse que a troca não tinha nada a ver com uma tentativa de barrar Verstappen:  "Não, não. Era algo que precisávamos fazer para terminar a corrida".

F1 AO VIVO: Hamilton VS Norris, ESCALADA de Verstappen, DRAMA no GP da RÚSSIA e mais; assista debate

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST #134: TELEMETRIA: Chuva em Sochi? Mercedes perderá invencibilidade? Rico Penteado responde

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Stroll é punido com dez segundos por incidente com Gasly

Artigo anterior

F1: Stroll é punido com dez segundos por incidente com Gasly

Próximo artigo

F1: Norris leva apenas uma reprimenda por escapada na entrada dos boxes e mantém 7º lugar

F1: Norris leva apenas uma reprimenda por escapada na entrada dos boxes e mantém 7º lugar
Carregar comentários