F1: 'Domínio' de Verstappen sobre Hamilton remonta a Jim Clark; entenda

Em 71 anos de história da categoria, apenas um piloto teve uma vantagem maior do que o holandês está tendo agora

F1: 'Domínio' de Verstappen sobre Hamilton remonta a Jim Clark; entenda

O domínio de Max Verstappen no início da temporada de 2021 da Fórmula 1 sobre Lewis Hamilton deixa dados e estatísticas que não eram vistos há décadas.

Verstappen assumiu a liderança no Campeonato Mundial, em Mônaco, pela primeira vez em sua carreira. E desde então ele manteve o primeiro lugar por nada menos do que cinco corridas.

Leia também:

Além disso, nas últimas três etapas, a vantagem do holandês não parou de aumentar. Depois do GP da Estíria, inclusive, Hamilton duvidou se seria capaz de lutar com Verstappen pelo título.

O piloto da Red Bull não só lidera o campeonato, como o domina de uma forma que não víamos há muito tempo. 

O maior domínio em 58 anos

Verstappen ganhou cinco das nove corridas até agora nesta temporada. No entanto, ele poderia ter ganho ainda mais: no Bahrein, foi impedido por uma ultrapassagem não permitida nas últimas voltas, e, em Baku, por um pneu furado que o privou de uma vitória que parecia clara. 

O holandês liderou 403 voltas em 575 nesta campanha - 70% de todas as voltas. Nos 71 anos de história da F1, apenas um piloto, no final da temporada, teve uma vantagem maior do que Verstappen está tendo agora: Jim Clark em 1963. 

No momento, Max já deu 144 voltas seguidas na liderança de uma corrida. A última vez que isso aconteceu, foi em 2012 com Sebastian Vettel, quando o alemão bateu uma sequência de 205 voltas consecutivas na ponta.

Verstappen também domina na classificação. Aos sábados, sua posição inicial média nesta temporada é 1,89 - a de Hamilton é 2,56. 

Em voltas rápidas, o holandês também lidera a luta contra o heptacampeão mundial, por 4 a 3. Portanto, o piloto da Red Bull tem a vantagem geral em todos os indicadores importantes. E algo assim raramente é visto.

Hamilton, mais longe do que nunca de um rival em cinco anos

Depois de nove GPs, o britânico está 32 pontos atrás do primeiro colocado do campeonato. A última vez que Hamilton teve tal déficit foi no outono de 2016, após o GP do Japão.

Na época, o heptacampeão estava em busca de seu companheiro de equipe na Mercedes, Nico Rosberg. O campeonato mundial não terminou até a última curva da última corrida, onde o alemão garantiu o título.

RAIO-X F1 2021: Comparamos VERSTAPPEN e HAMILTON em TODAS as sessões; ENTENDA vantagem do HOLANDÊS

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: Qual é o tamanho da temporada de Norris até agora?

 

.

compartilhar
comentários
F1: Entenda como a maior atualização de 2021 mostra a ambição da Aston Martin

Artigo anterior

F1: Entenda como a maior atualização de 2021 mostra a ambição da Aston Martin

Próximo artigo

Quando a McLaren teve de "explicar o inexplicável" entre Hamilton e Alonso

Quando a McLaren teve de "explicar o inexplicável" entre Hamilton e Alonso
Carregar comentários