F1: Hamilton mantém preferência por Bottas na Mercedes mesmo com segundo lugar de Russell

Heptacampeão já disse não acreditar que a equipe precise trocar a dupla de pilotos para 2022; britânico da Williams voou em Spa e é cogitado

F1: Hamilton mantém preferência por Bottas na Mercedes mesmo com segundo lugar de Russell

Lewis Hamilton revelou que o desempenho de George Russell na qualificação em Spa "não muda nada" em relação a quem o campeão mundial prefere como companheiro de Mercedes na Fórmula 1 em 2022. A equipe ainda não anunciou se o britânico será promovido da Williams ou se manterá Valtteri Bottas no que seria o sexto ano consecutivo com a mesma dupla desde a saída de Nico Rosberg no final de 2016.

Ambos os "postulantes" permaneceram calados sobre o progresso em relação à decisão da escuderia quando a categoria se reuniu novamente para o GP da Bélgica deste fim de semana, onde o heptacampeão destacou que sua relação de trabalho com o finlandês está "melhor do que nunca", mas disse que apoiaria qualquer decisão.

Leia também:

Hamilton sugeriu regularmente que preferia que a Mercedes mantivesse a formação inalterada para 2022 - o primeiro ano do contrato de duas temporadas que ele assinou em julho - ao dizer que não "necessariamente viu que precisava mudar".

Questionado se ainda se sentia da mesma maneira após Russell garantir um surpreendente segundo lugar na qualificação em Spa com a Williams, enquanto Bottas foi oitavo, para partir de 13º devido à penalidade por causar um acidente na corrida da Hungria, o britânico respondeu que "não está diferente."

"Quer dizer, George tem feito um ótimo trabalho o ano todo. Isso realmente não muda nada. Tenho certeza de que ele está sob pressão, assim como Valtteri faz para manter o trabalho. É ótimo vê-lo entregando. Eu não posso culpá-lo por isso."

Falando ao lado de Hamilton e do pole position Max Verstappen na coletiva de imprensa pós-treino classificatório, Russell discutiu a importância de conquistar seus melhores resultados em um estágio crucial de sua carreira na F1, embora tenha insistido que "independente da situação atual", ele entra "para dar 120% a cada fim de semana."

Pole man Max Verstappen, Red Bull Racing, and George Russell, Williams, congratulate each other in Parc Ferme

Pole man Max Verstappen, Red Bull Racing, and George Russell, Williams, congratulate each other in Parc Ferme

Photo by: Mark Sutton / Motorsport Images

"Acho que a Fórmula 1 é um esporte implacável", comentou o piloto da Williams, que terminou a apenas 0s321 de Verstappen. "Só há oportunidade para 20 de nós no mundo e provavelmente muitos mais que merecem estar na categoria."

"Então, independente da minha experiência pessoal nessas negociações de contrato, no momento tenho que continuar mostrando o que posso fazer e nunca tirar o pé do acelerador. Se fizer isso, haverá uma jovem promessa tentando tomar meu lugar. Você nunca pode ser complacente."

O terceiro colocado em Spa, Hamilton, também comentou sobre a qualificação "difícil para todos" no molhado, que começou tarde devido à chuva que caía antes da sessão e que ainda foi interrompida com bandeira vermelha por mais de 40 minutos depois que Lando Norris sofreu um forte acidente na Eau Rouge, logo no começo do Q3.

"Esses caras fizeram um ótimo trabalho nos momentos finais", elogiou o britânico, falando sobre Verstappen e Russell. "Na parte final, minha primeira volta foi boa, mas foi difícil para o grid inteiro."

"Estou muito feliz em ver que Lando está bem. Ele parecia incrivelmente rápido e acho que poderia estar aqui conosco ou talvez até mesmo me apertado, potencialmente. Teve um ótimo ritmo hoje e espero que volte à disputa amanhã", concluiu.

F1 2021: Verstappen é pole mas Russell BRILHA na CHUVA em Spa após BATIDA FORTE de Norris

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

TELEMETRIA: Quem vai se dar bem na segunda metade da temporada de 2020 da F1?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1 - Alonso: "Mudanças na Eau Rouge não impedem grandes acidentes"

Artigo anterior

F1 - Alonso: "Mudanças na Eau Rouge não impedem grandes acidentes"

Próximo artigo

F1: Chefe da McLaren critica rivais por "barulho" sobre teto orçamentário

F1: Chefe da McLaren critica rivais por "barulho" sobre teto orçamentário
Carregar comentários