F1: Irvine diz que Verstappen derrota companheiros assim como Schumacher e não vê chances a Pérez

Ex-piloto acredita que até agora nesta temporada está provado que "Checo" não será capaz de bater holandês regularmente

F1: Irvine diz que Verstappen derrota companheiros assim como Schumacher e não vê chances a Pérez

Quando Sergio Pérez assinou com a Red Bull em dezembro passado para se juntar à equipe austríaca na Fórmula 1, ele sabia que teria um grande desafio pela frente, ao enfrentar o principal talento do time, Max Verstappen, todos os finais de semana.

Até o momento no campeonato, o mexicano só conseguiu vencer o holandês uma vez na classificação (quando alcançou o segundo lugar em Ímola) e na corrida sempre esteve atrás dele quando os dois cruzaram a linha de chegada.

Leia também:

Pérez, porém, havia avisado antes do início do ano que precisaria de um período de cinco GPs para se adaptar ao RB16B e na sexta etapa, no GP do Azerbaijão, foi a primeira vez que superou Verstappen, triunfando após falha no pneu do carro do holandês.

De qualquer forma, para Eddie Irvine, que sabe bem o que é dividir a garagem com um piloto muito rápido, sendo companheiro de equipe de Michael Schumacher na Ferrari por quatro temporadas, não acredita que Pérez possa bater Verstappen regularmente.

"Seu trabalho é fazer o melhor, só isso", disse ele em entrevista ao site de apostas Betway sobre o mexicano e Valtteri Bottas.

"Bottas já venceu Hamilton antes com mais frequência do que ultimamente. Pérez é novo contra Verstappen, mas Max mostrou que o jogo acabou. Ambos são de fato os nº 2, mas contra caras como Hamilton e Verstappen isso não é algo muito negativo ", comentou o irlandês.

Irvine foi ainda mais longe e afirmou que não há piloto no grid atual que possa lidar com Verstappen e Hamilton.

“Não acho que ninguém na Fórmula 1 possa enfrentar esses dois e vencê-los regularmente. Acho que Hamilton está envelhecendo agora e seu ritmo não é tão bom quanto costumava ser, mas ele ainda é um profissional realizado. Eu acho as pessoas sabem que qualquer um que enfrente Verstappen será derrotado por sua velocidade", disse ele.

Além disso, o ex-piloto da Ferrari e da Jaguar encontra em Verstappen algo semelhante a Michael Schumacher em termos da capacidade do holandês de vencer seus companheiros, como o alemão fazia.

"Verstappen sempre foi muito rápido, e você pode ver que ele é de longe o primeiro piloto mais dominante no grid. Ele teve muitos segundos pilotos na equipe e nenhum chegou perto. Então é um pouco como Michael Schumacher."

"Devo dizer que Verstappen é provavelmente o talento principal, embora Lewis seja, como eu disse, um profissional consagrado e tenha poucos pontos fracos."

Félix da Costa diz que Marko é "MATADOR" implacável e fala sobre 'CHANCE PERDIDA’ na F1

PODCAST: Erro de Hamilton mostra um campeão sob pressão?

 

compartilhar
comentários
RETA FINAL recebe Drugovich e comenta disputa Verstappen x Hamilton na França
Artigo anterior

RETA FINAL recebe Drugovich e comenta disputa Verstappen x Hamilton na França

Próximo artigo

Chefe da AlphaTauri põe Gasly entre melhores pilotos da F1 atual e revela desejo de mantê-lo em 2022

Chefe da AlphaTauri põe Gasly entre melhores pilotos da F1 atual e revela desejo de mantê-lo em 2022
Carregar comentários