F1 - Hamilton contesta: "dizer 'catimba' explica não pilotar na F1"

Grosjean comentou atitude de Hamilton no fim do Q3 em rede social e chefe da Red Bull fez declaração para TV

F1 - Hamilton contesta: "dizer 'catimba' explica não pilotar na F1"

Lewis Hamilton disse que as declarações de que ele segurou de propósito os carros da Red Bull no fim da classificação em Budapeste são "idiotas" e quem diz que foi "catimba" tem motivo "para não correr aqui". Além de Christian Horner, Romain Grosjean também comentou sobre a desacelerada os segundos finais do Q3.

Hamilton liderou Max Verstappen e Sergio Pérez próximo dos segundos finais do Q3. O inglês estava atrás do companheiro de equipe Valtteri Bottas, que acabou em segundo lugar. Neste momento, os dois pilotos da Mercedes pareciam pilotar mais devagar do que o esperado. 

Leia também:

Hamilton correu bem devagar pelo pitlane logo que Verstappen saiu da garagem, enquanto o Bottas avançou somente nas últimas curvas, deixando que o holandês iniciasse a sua última volta restando segundos para o fim do Q3. Pérez não conseguiu cruzar a linha antes do fim da sessão.

Christian Horner, chefe da Red Bull, disse que a atitude de Hamilton foi "catimba" e que ele tinha o "direito de fazer". Já Hamilton disse que ele estava tentando aumentar o espaço entre os outros pilotos do Q3 enquanto estes terminavam suas voltas de aquecimento em uma velocidade lenta, já que é comum em Budapeste preservar os pneus para as voltas mais rápidas.

Quando perguntado pelo Motorsport sobre os comentários de Horner e o Tweet de Romain Grosjean que dizia "se aquilo foi feito de propósito, não foi legal", aparentemente uma referência ao acontecido no Q3, Hamilton respondeu "cara, eu acho tão idiota"

"Todos estavam indo devagar. Você não viu o resto dos pilotos? Eu não entendo. Você acha que poderia ir mais rápido e aí ficar mais próximo do Valtteri?"

"Assim, todos estavam devagar na volta de aquecimento. Realmente, não era diferente do que qualquer outra volta."

"Claro, a cada vez que nós saímos [dos pits] nós tentamos preparar os pneus e deixá-los mais frio, porque eles esquentam muito durante a volta"

"Eu não estava fazendo nenhuma tática. Eu não preciso de uma estratégia, cara. Eu sei o que eu estou fazendo e o carro é bem rápido. Nós não precisamos adicionar uma tática. Então, esses que estão fazendo comentários claramente não sabem o que estamos fazendo, deve ser por isso que não estão pilotando aqui."

"Nós fomos um dos últimos a sair dos pits. Eu sabia que na frente dos outros, na frente do Valtteri ou quem quer que estivesse na frente dele, acabariam se empilhando no fim da pista, então tentei aumentar a distância o máximo que pude. E ainda assim no fim da volta tivemos que tirar o pé e esperar todos irem. Eu estava tentando garantir que eu tinha a maior distância na minha frente."

F1 2021: Debate sobre o treino classificatório do GP da Hungria, com Verstappen VS Hamilton | Q4

 

compartilhar
comentários
F1: Pérez acredita que alta temperatura "definitivamente" pesou em falta de equilíbrio

Artigo anterior

F1: Pérez acredita que alta temperatura "definitivamente" pesou em falta de equilíbrio

Próximo artigo

VÍDEO: Confira volta da 101ª pole da carreira de Hamilton

VÍDEO: Confira volta da 101ª pole da carreira de Hamilton
Carregar comentários