Mick Schumacher: "Agora posso dizer que estou pronto para a F1"

Filho Michael Schumacher começou 2021 com um teste com a Ferrari em Fiorano, no qual não ficou muito longe de Charles Leclerc e Carlos Sainz. Um belo cartão de visita tendo em vista a estreia na F1 com a Haas

Mick Schumacher: "Agora posso dizer que estou pronto para a F1"

Mick Schumacher completou mais de cem voltas no circuito de Fiorano ao longo de dois dias nesta semana. Antes dos testes, a mensagem é sempre a mesma: não olhe os tempos.

Mas, não tem jeito, o olhar sempre procura os números, mesmo que no caso da intensa semana de testes da Ferrari não exista dados oficiais. Existem, no entanto, os não-oficiais, que indicam Schumacher no mesmo segundo que Charles Leclerc e Carlos Sainz.

Leia também:

Após o trabalho planejado pelos engenheiros, a Ferrari permitiu uma entrevista com ele, em que ele surge quase constrangido em desfrutar de um momento especial em sua carreira e ao mesmo tempo muito difícil para o mundo ao seu redor. Schumacher remonta 2020, um ano que começou com o medo de não poder estar na pista e terminou com o contrato da Haas como piloto titular.

Como você define o seu 2020?

As pessoas que trabalham com corridas tendem a viver no futuro e nunca olhar para trás: o mesmo vale para mim. É uma questão de mentalidade, porque num ambiente tão competitivo, procuramos sempre pensar no que mais pode ser alcançado e como fazer melhor. Mas talvez neste caso uma exceção possa ser feita e não apenas por motivos pessoais. A pandemia afetou profundamente a vida de cada um de nós e criou problemas muito sérios para muitas pessoas. Por isso, às vezes me parece quase injusto estar feliz pelo que 2020 me proporcionou, porque, para ser sincero, foi o melhor ano da minha vida esportiva, aquele em que o sonho que tive quando criança se tornou realidade. Agora posso dizer que estou pronto para a Fórmula 1.

Mas a certa altura parecia que 2020 poderia ser um ano sem corridas...

É verdade, no início da pandemia, quando em muitos países havia um bloqueio quase total, o esporte não estava, com razão, uma prioridade. Fiquei com medo de que minha segunda temporada na Fórmula 2 fosse adiada por um ano e, com ela, meu sonho de chegar à Fórmula 1. Aí começamos a correr na Áustria, mesmo que o início do campeonato tenha sido péssimo para mim: cometi o mesmo erro duas vezes, com o resultado de somar pouquíssimos pontos nas duas primeiras etapas.

Qual foi o momento decisivo da temporada?

Não houve um em particular. A realidade é que depois daquele mau começo não desanimamos porque sabíamos que tínhamos trabalhado bem com a Prema: nunca perdemos a confiança para podermos vencer e assim foi. Permanecemos focados e unidos, trabalhando muito para nos recuperarmos, passo a passo. Compromisso, autoconfiança, trabalho em equipe e diversão: estes são os elementos que nos permitiram subir na classificação e, no final, conquistar o título, graças sobretudo à consistência dos resultados.

Foi gratificante ter sido escolhido para competir com a Haas em 2021?

Foi importante constatar que a abordagem e os resultados que obtivemos têm sido tão recompensados ​​e só posso agradecer à Ferrari Driver Academy por me mostrar a sua confiança, tanto que tomaram esta decisão antes mesmo de as etapas decisivas do campeonato serem realizadas. Para mim, foi importante ter o apoio da FDA, poder correr na Fórmula 1, falar com pessoas muito experientes ou simplesmente sentir-me parte de uma família.

A conquista do título foi a conclusão perfeita para uma temporada tão particular...

Mesmo sabendo que iria correr na Fórmula 1, queria muito conquistar o título: isso é normal, não é? Se você correr, você quer vencer. Nunca perdi a confiança de que posso ter sucesso. Mesmo que as últimas corridas não tenham corrido como gostaríamos, queria com todas as minhas forças ser campeão: por mim e pela equipe. Quando cruzei a linha de chegada da última corrida, com toda a franqueza não tinha certeza se havíamos conseguido e uma parte de mim não ousou comemorar: foram provavelmente os momentos mais intensos da minha carreira, tanto é que quando cheguei no parque fechado e vi minha equipe se alegrar, precisei de alguns momentos para perceber o que havia acontecido.

Com 2020 já virando passado, agora é pensar na nova temporada...

Parece que muito tempo se passou desde aquele dia, especialmente porque mal posso esperar para a temporada começar, estar no grid de largada da minha primeira corrida com os melhores pilotos do mundo. Até lá, vou tentar aproveitar cada momento e fazer o meu melhor para estar preparado para esse momento. Então, quando as luzes vermelhas apagarem, será um momento muito emocionante.

Mick Schumacher, Ferrari SF71H
Mick Schumacher, Ferrari SF71H
1/18

Foto de: Federico Basile / Motorsport Images

Mick Schumacher, Ferrari SF71H
Mick Schumacher, Ferrari SF71H
2/18

Foto de: Federico Basile / Motorsport Images

Mick Schumacher, Ferrari SF71H
Mick Schumacher, Ferrari SF71H
3/18

Foto de: Federico Basile / Motorsport Images

Mick Schumacher, Ferrari SF71H
Mick Schumacher, Ferrari SF71H
4/18

Foto de: Federico Basile / Motorsport Images

Mick Schumacher, Ferrari SF71H
Mick Schumacher, Ferrari SF71H
5/18

Foto de: Ferrari

Mick Schumacher, Ferrari SF71H
Mick Schumacher, Ferrari SF71H
6/18

Foto de: Ferrari

Mick Schumacher, Ferrari SF71H
Mick Schumacher, Ferrari SF71H
7/18

Foto de: Ferrari

Mick Schumacher, Ferrari SF71H
Mick Schumacher, Ferrari SF71H
8/18

Foto de: Ferrari

Mick Schumacher, Ferrari SF71H
Mick Schumacher, Ferrari SF71H
9/18

Foto de: Federico Basile / Motorsport Images

Mick Schumacher, Ferrari SF71H
Mick Schumacher, Ferrari SF71H
10/18

Foto de: Federico Basile / Motorsport Images

Mick Schumacher, Ferrari SF71H
Mick Schumacher, Ferrari SF71H
11/18

Foto de: Federico Basile / Motorsport Images

Mick Schumacher, Ferrari
Mick Schumacher, Ferrari
12/18

Foto de: Ferrari

Mick Schumacher, Ferrari
Mick Schumacher, Ferrari
13/18

Foto de: Ferrari

Mick Schumacher, Ferrari
Mick Schumacher, Ferrari
14/18

Foto de: Ferrari

Mick Schumacher, Ferrari
Mick Schumacher, Ferrari
15/18

Foto de: Ferrari

Mick Schumacher, Ferrari
Mick Schumacher, Ferrari
16/18

Foto de: Ferrari

Mick Schumacher, Ferrari SF71H
Mick Schumacher, Ferrari SF71H
17/18

Foto de: Federico Basile / Motorsport Images

Mick Schumacher, Ferrari SF71H
Mick Schumacher, Ferrari SF71H
18/18

Foto de: Ferrari

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

DEBATE: Qual ALONSO teremos na temporada de RETORNO à F1? O POLÊMICO ou o ‘PAZ E AMOR’?

PODCAST: Vettel, Alonso, Ricciardo, Pérez ou Sainz? Quem entra em 2021 mais pressionado?

 

compartilhar
comentários
Saiba quais pilotos fizeram mais corridas na F1 sem vencer

Artigo anterior

Saiba quais pilotos fizeram mais corridas na F1 sem vencer

Próximo artigo

F1: Pérez diz que vê pré-temporada no Bahrein como benefício

F1: Pérez diz que vê pré-temporada no Bahrein como benefício
Carregar comentários