F-E: Porsche mantém Wehrlein e Lotterer para 2022

Vaga de Lotterer era considerada dúvida por conta de suas performances abaixo da média em 2021

F-E: Porsche mantém Wehrlein e Lotterer para 2022

A Porsche confirmou que disputará a temporada 2022 da Fórmula E, a última com o carro Gen2, sem trocar sua dupla de pilotos, mantendo Pascal Wehrlein e Andre Lotterer.

Ex-piloto da F1, Wehrlein saiu da Mahindra antes mesmo da maratona de corridas de Berlim na temporada passada para realizar sua troca pela Porsche, substituindo Neel Jani.

Leia também:

Enquanto seu contrato era visto como de múltiplas temporadas, o futuro de Lotterer como parte do programa da montadora na F-E estava menos garantido, devido a uma sequência de incidentes que o deixam apenas na 17ª posição no Mundial antes do fim da temporada neste fim de semana em Berlim.

Apesar de ter terminado em segundo no ePrix II de Valência em abril, ele notavelmente bateu com Stoffel Vandoorne na luta pela liderança em Roma e também foi penalizado pelo toque em António Félix da Costa em Londres.

Isso levou a especulações sobre uma possível chegada de Mitch Evans, que é gerenciado por Mark Webber, ex-piloto e embaixador da Porsche, mas o neozelandês anunciou na semana passada uma renovação de dois anos com a Jaguar.

Lotterer, que é três vezes vencedor das 24 Horas de Le Mans, é visto como parte importante para o desenvolvimento do programa da Porsche na nova classe LMDh, que deve disputar tanto o WEC quanto a IMSA a partir de 2023.

"Apesar de alguns sucessos notáveis neste ano, ainda não atingimos todos nossos objetivos", disse Lotterer. "Por isso, fico muito feliz com o fato da Porsche me dar a chance de seguir contribuindo para o desenvolvimento da equipe para além desta temporada".

 

Assim, a Porsche mantém o ex-piloto da DS Techeetah, que também se coloca em uma situação boa para seguir na categoria na temporada 2022-23, com as equipes preferindo fazer contratos de pelo menos dois anos para ajudar no desenvolvimento do carro Gen3.

Wehrlein segue na Porsche após quase conquistar a primeira vitória da marca na categoria no ePrix I de Puebla, sendo desclassificado logo após a linha de chegada devido a um erro da equipe no passaporte técnico do carro.

"Como novato na equipe, me senti bem recebido e confortável desde o começo", disse Wehrlein. "Conquistamos muito em nossa primeira temporada juntos e firmemente nos estabelecemos na Fórmula E. Estou feliz por ser parte desta grande equipe no futuro".

A Porsche chega a Berlim na oitava posição no Mundial de Construtores, mesmo lugar que terminou sua temporada inaugural, em 2020.

Amiel Lindesay, chefe de operações da Porsche na F-E, disse: "Fizemos grandes progressos como equipe nesta temporada. Andre e Pascal tiveram contribuições significativas para este desenvolvimento positivo. Estamos felizes por continuar nosso caminho de sucesso juntos em 2022".

EXCLUSIVO: BURTI rompe silêncio sobre F1: Hamilton é MAIS LIMPO que campeões como SENNA e SCHUMACHER

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: Qual piloto merece uma segunda chance na F1?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F-E: Di Grassi pode pintar na Venturi caso Nato não siga na equipe

Artigo anterior

F-E: Di Grassi pode pintar na Venturi caso Nato não siga na equipe

Próximo artigo

F-E: Dennis permanecerá com Andretti após saída da BMW em 2022

F-E: Dennis permanecerá com Andretti após saída da BMW em 2022
Carregar comentários