Koch vence novamente em São Paulo e é o grande campeão de 2020 do Ultimate Drift

Piloto venceu no sábado e no domingo e unificou os títulos de campeão da Copa Brasil e brasileiro

Koch vence novamente em São Paulo e é o grande campeão de 2020 do Ultimate Drift

O final de semana de show de drift chegou ao fim no Sambódromo do Anhembi e o brasiliense Gus Koch foi o grande vencedor do final de semana.

Após vencer no sábado em duelo emocionante com João Barion, Koch chegou na última etapa da temporada com a missão de defender sua liderança nos dois campeonatos em disputa, a Copa Brasil e o Ultimate Drift.

Leia também:

A decisão do campeonato reservou fortes emoções desde as classificatórias. Em formato diferente, onde os pilotos puderam dar apenas uma volta valendo pontos e sem terem andado na pista no domingo, o quali colocou em prova que para ser piloto de drift precisa de muito talento.

Assim como o formato previa, muita emoção aconteceu. Três pilotos empataram em 93 pontos, Erick Medici cravou 94 e Gus Koch, último a ir para a pista errou em sua volta e se viu tendo que encarar a repescagem para manter viva suas esperanças de título.

Ele e Guilherme Winand sobreviveram as primeiras batalhas do dia na repescagem e reeditaram as batalhas do sábado. Winand alinhou seu Subaru Hatchback contra Erick Medici, que ele havia eliminado na tarde anterior. Já Koch encontrou novamente seu adversário da final, João Barion e o Mustang V8 do Sheriff.

Medici vingou sua bateria e avançou, já Gus fez duelo emocionante com Barion e novamente desbancou o Sheriff.

Os dois principais postulantes ao título do Ultimate Drift viveram sensações opostas durante as batalhas de domingo.

Depois de passar por Barion, Gus Koch foi eliminando seus adversários, um por um, até chegar na semifinal onde enfrentou o também postulante ao título Fred Monteiro.

Em duelo equilibrado, onde os dois pilotos andaram muito próximos um do outro e também dos muros nas outside zones, os jurados precisaram de batalhas extras para definir quem avançaria para a grande final.

Medici, que precisava chegar na final para ser campeão, reinava soberano no lado esquerdo do chaveamento. Em um show de porta com porta, ele e Carlos Miyanishi realizaram um dos melhores duelos do dia na passarela do samba. Os jurados precisaram de uma batalha extra para definir o vencedor.

Na semifinal outro adversário duro para Medici, ele alinhou contra Márcio Kabeça e sua BMW. Porém o carro de Erick apresentou problemas, o piloto pediu os cinco minutos para reparo e a tensão tomou conta dos boxes do Ultimate Drift.

Com o tempo quase estourando, ele conseguiu alinhar o carro para batalhar, mas o problema persistiu e Erick Medici viu suas chances de título escaparem por um problema de diferencial.

Com isso, Gus ficou com caminho livre para o título. Em batalha emocionante com Monteiro, que também foi decidido nas extras, Gus avançou para a final e alinhou contra Márcio Kabeça.

Em duelo de BMW, a final reservou uma das batalhas mais equilibradas do evento, digna nível de espetáculo que o palco está acostumado a receber.

Novamente batalhas extras. Ambos andaram próximos da perfeição em suas voltas liderando a disputa e cometeram erros na volta de perseguidor. Com isso, a decisão ficou para a segunda passagem de cada piloto. Novamente com boas passagens puxando a batalha, Gus teve uma volta de perseguidor melhor e garantiu o título da etapa.

Com o resultado ele não só foi o grande vencedor desse final de semana no Sambódromo como conquistou o título do Ultimate Drift e da Copa Brasil.

Koch afirmou que o domingo foi um desafio que terminou com o sabor da vitória do título do Ultimate Drift. 

“Ontem o dia foi perfeito, fui melhorando a cada batalha sem dar nenhum tipo de problema. Hoje já foi um tremendo desafio onde era somente uma volta de classificação, tentei dar meu melhor, mas peguei o muro, levei zero e tive que ir para a repescagem e batalhar por uma posição na chave final”.

“Comecei lá embaixo com uma pedreira que foi o João Barion e em seguida fui melhorando de um em um, tive vários empates, com Fred, com o Márcio Kabeça que é uma inspiração para todo mundo, foi demais. Pra mim é sensacional ser campeão do Ultimate Drift, campeão da Copa do Brasil, muito orgulho poder levar o título para Brasília”.

A etapa aconteceu na Arena de Lazer Sambódromo do Anhembi em parceria com a São Paulo Turismo. Devido a pandemia do coronavírus, o evento seguiu todos os protocolos sanitários e não foi aberto ao público.

Confira a classificação final:

Classificação final da etapa de domingo em São Paulo:

1 - Gus Koch

2 - Márcio Kabeça

3 - Erick Medici

4 - Fred Monteiro

5 - Maykel Japa

 

Confira a classificação final da Copa Brasil de Drift:

1 - Gus Koch

2 - Márcio Kabeça

3 - Fred Monteiro

4 - João Barion

5 - Erick Medici

 

Confira a classificação final do Ultimate Drift 2020:

1 - Gus Koch

2 - Erick Medici

3 - Fred Monteiro

4 - Márcio Kabeça

5 - João Barion

compartilhar
comentários
AO VIVO: Acompanhe o domingo do Ultimate Drift em São Paulo
Artigo anterior

AO VIVO: Acompanhe o domingo do Ultimate Drift em São Paulo

Próximo artigo

Extreme E anuncia cobertura da ESPN no Brasil

Extreme E anuncia cobertura da ESPN no Brasil
Carregar comentários