Com disputas eletrizantes, GT Sprint Race reveza líderes na classe AM

Foram ao topo da tabela do torneio nacional três carros diferentes em quatro etapas da nona temporada

Com disputas eletrizantes, GT Sprint Race reveza líderes na classe AM

Na classe AM, em quatro etapas e oito corridas disputadas da GT Sprint Race na competição nacional Brasil, foi uma verdadeira alternância de lideranças: três carros já estiveram à frente da tabela.

Na primeira etapa, o GTSR#33 de Bruno Campos, no Velocitta; em seguida, o GTSR#17 de Walter Lester assumiu e se manteve líder da segunda à quarta etapas; ao final das corridas de Curitiba, o GTSR#37 de Luis Debes é novo líder da tabela de classificação, com 179 pontos acumulados. Tanto o paulista Lester quanto o paranaense Debes fazem excelentes campanhas.

O editor recomenda:

Luis conta a sua quarta vitória no ano, um segundo e um terceiro lugar no pódio, e está com vinte pontos de vantagem em relação ao segundo colocado. “Este ano conseguimos evoluir muito", afirma.

"Sempre me falavam de que correr sozinho (sem uma dupla no carro), teria vantagens e desvantagens. Mas a vantagem da quilometragem no fim de semana seria muito grande. Percebi isso logo na primeira corrida. Evolui bastante também em termos de confiança. Com o resultado que alcancei nas últimas três etapas, subi ao topo da classificação da categoria e isso me deixa muito feliz e animado”, menciona.

A diferença entre os primeiros colocados não é confortável. Por isso, os pilotos precisam agir com inteligência e traçar uma estratégia pensando no campeonato, principalmente os pilotos que irão carregar 30 quilos na próxima pela liderança. 

“A briga está equilibrada e tenho visto evolução em todos. É bacana, pois enobrece conquistas, mas coloca pressão enorme para as etapas. Me sinto preparado para conviver com esta pressão e muito otimista para a fase final do campeonato”, conclui o competidor de 45 anos.

Lester lidera no Overall com 250 pontos. Ao longo da temporada, conquistou duas vitórias, dois segundos e dois terceiro lugares no torneio nacional, somando 156 pontos. E foram mais uma vitória e dois segundo lugares no minitorneio da Special Edition, onde acumula 94 pontos. É nítida a constância do piloto experiente entre os primeiros colocados a cada etapa deste ano de 2021.

“Estou muito feliz, temos tido corridas muito bacanas com um carro excelente e confiável. A AM está bem disputada com a alternância de posições na liderança a toda hora, fiquei à frente da tabela por duas etapas e após a quarta etapa cai para segundo", diz.

"Uma pena baterem em mim em Curitiba já poderia estar líder, mas são coisas que acontecem. Então, tudo pode acontecer até a última corrida do ano. Agora é manter o foco e marcar pontos em todas restantes para tentar a primeira posição novamente”, declara.

Os nove eventos que compõem o calendário da competição estão divididos em dois campeonatos: o nacional, com seis etapas (duas corridas em cada), e o “Special Edition” (três corridas em cada uma das três etapas).

Da somatória sairá o campeão Overall nas suas respectivas classes: PRO, AM e PROAM. A temporada chega à sua fase final. Restam quatro corridas das 12 programadas do campeonato GT Sprint Race Brasil, o nacional. A penúltima etapa, quinta do ano, está marcada para o dia 31 de outubro, com praça a ser confirmada em breve. A 6ª e última etapa no Autódromo de Curitiba no dia 03 de dezembro. 

Já a terceira e decisiva etapa do torneio Special Edition será na inauguração do Autódromo Potenza em Lima Duarte (MG), 03 de outubro. Portanto, somam-se ao calendário 2021 mais duas etapas (seis corridas) da Special Edition, totalizando nove etapas e 21 corridas no ano.

-

Classificação da GT Sprint Race Brasil (após oito corridas)

 

AM

1) #37 Luis Debes, 176 pontos

2) #17 Walter Lester, 156

3) #31 Caê Coelho/Adriano Ramos, 150

4) #72 Giovani Girotto, 70

5) #59 Danny Candia, 53

6) #33 Bruno Campos, 50

7) #33 Emilio Padron, 30

8) #12 Rafael Maeda/Marcus Índio, 28

9) #59 Oscar Bittar, 25

10) #90 José Vitte, 24

11) #07 Pedro Bezerra, 16

 

PRO

1) #04 Julio Campos /Léo Torres, 150 pontos

2) #01 Alex Seid/Marcelo Henriques, 130

3) #83 Gabriel Casagrande/Eduardo Pavelski, 125

4) #21 Thiago Camilo/Beto Cavaleiro, 121

5) #82 Gerson Campos, 119

6) #11 Weldes Campos, 109

6) #25 Eduardo Trindade/Sérgio Ramalho, 105

8) #19 Nathan Brito/Luciano Zangirolami, 84

 

PROAM

1) #35 Pedro Aizza, 169 pontos

2) #73 Francesco Franciosi, 138

3) #13 Rafael Dias, 132

4) #03 Pedro Ferro, 122

5) #161 Pedro Costa/Antonio Junqueira, 105

6) #793 Adalberto Baptista, 97

7) #03 Lourenço Beirão, 39

8) #12 Zezinho Muggiati/Edgar Bueno Neto, 26

HALO SALVOU vida de HAMILTON em acidente com VERSTAPPEN em MONZA? Entenda FUNCIONAMENTO da peça

Ouça agora mesmo o novo podcast do Motorsport.com

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
GT Sprint Race - Franciosi esbanja confiança: "Tudo pode acontecer até a última corrida”

Artigo anterior

GT Sprint Race - Franciosi esbanja confiança: "Tudo pode acontecer até a última corrida”

Próximo artigo

GT Sprint Race terá piloto 'da casa' na inauguração do Autódromo Potenza

GT Sprint Race terá piloto 'da casa' na inauguração do Autódromo Potenza
Carregar comentários