Indy: De volta após Indy 500, Castroneves vê grande fase da categoria e interesse de ex-pilotos da F1

Mas, brasileiro tetracampeão da Indy 500 diz que essa não é a maior motivação para retorno em tempo integral em 2022

Indy: De volta após Indy 500, Castroneves vê grande fase da categoria e interesse de ex-pilotos da F1

Helio Castroneves estará de volta a um carro da Indy no próximo fim de semana. O tetracampeão da Indy 500 fará cinco das seis últimas etapas da temporada de 2021 da maior categoria de monopostos dos Estados Unidos.

Leia também:

Ele começará esta nova jornada em Nashville no dia 8 de agosto, segue para Indianápolis, mas para o traçado misto no dia 14, não corre no oval de Gateway no dia 21, mas retorna para Portland em 12 de setembro, Laguna Seca em 19 de setembro e fecha sua participação no dia 26 de setembro em Long Beach.

Nesta terça-feira (03), Helinho atendeu a mídia brasileira antes de seu retorno às pistas com a Meyer Shank Racing. O brasileiro recentemente garantiu um contrato de temporada completa com o mesmo time para 2022 e falou do momento atual que a categoria vive, com a ascensão de novos pilotos e o interesse cada vez maior de pilotos ex-F1.

“A tendência da categoria é subir. O Roger (Penske proprietário da categoria) tem essa visão de querer colocar a categoria como era há até 30 ou 40 anos, no auge do automobilismo americano. Você observa que muitos pilotos da Fórmula 1 já estão migrando para cá, como acontecia no passado. Uma vez, um campeão da F1, o Nigel Mansell, foi para Indy em seguida e quase ganhou também. A categoria está em uma ascensão incrível, não só de reconhecimento, mas de competitividade entre os pilotos e equipes.”

Apesar do momento bastante favorável, Helinho admitiu que sua motivação para uma temporada completa não é o sucesso atual.

“O que me motiva não é isso, para falar a verdade, eu tenho o que chamam de unfinished business, os negócios ainda não terminaram, eu quero ganhar o campeonato, como eu disse ao Mike Shank. É uma equipe nova, mas conseguimos provar muita coisa em Indianápolis e podemos provar novamente. Mas tem trabalho, isso é o que eu quero que entendam. Estaremos nessas cinco corridas para ter um trabalho sólido e, quem sabe, podendo arriscar.”

Helio Castroneves: LENDA em INDIANÁPOLIS 'dá carona' em pista MÍTICA e ENSINA os seus SEGREDOS

Ouça agora mesmo

 

 

 

 

compartilhar
comentários
Verstappen: Apesar de mais restrita, F1 ainda está "muito longe da Indy"

Artigo anterior

Verstappen: Apesar de mais restrita, F1 ainda está "muito longe da Indy"

Próximo artigo

Indy: Herta é pole em Nashville; Castroneves é 15º

Indy: Herta é pole em Nashville; Castroneves é 15º
Carregar comentários