Timo Scheider, da Audi recebeu uma ordem pelo rádio ("schieb ihn raus", em alemão - "coloque-o para fora", em português) e executou uma manobra controversa sobre Robert Wickens e Pascal Wehrlein - líder do campeonato até aquele momento - no final da corrida de domingo, tirando os dois pilotos da Mercedes da prova.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil