F1: Pérez encontrou confiança no carro da Red Bull após pausa de verão, diz Horner

Após início de altos e baixos, mexicano chega a três pódios consecutivos com a equipe austríaca

 F1: Pérez encontrou confiança no carro da Red Bull após pausa de verão, diz Horner

Com três pódios consecutivos, a fase de Sergio Pérez na Red Bull parece melhorar em comparação com o início da temporada da Fórmula 1. E segundo Christian Horner, o mexicano está dando à equipe "exatamente o tipo de performance esperado", construindo confiança com o carro desde a pausa de verão.

Após sair da Racing Point para a Red Bull em 2021, Pérez teve dificuldades para se adaptar ao complicado RB16B da equipe, tendo que trabalhar duro para ajustar seu estilo de pilotagem ao modelo.

Leia também:

Mas o mexicano vem entregando performances melhores recentemente, com pódios consecutivos na Turquia, Austin e México, ajudando a Red Bull a reduzir a diferença da Mercedes no Mundial de Construtores.

Correndo em casa, Pérez teve uma de suas melhores performances no ano, ficando em terceiro após uma batalha com Lewis Hamilton no final pela segunda posição. Falando após a corrida no México, Horner elogiou o piloto, falando sobre como ele está mais confiante com o carro.

"Ele encontrou confiança com o carro. Ele deu a volta por cima desde as férias de verão. Vejo suas performances ficando cada vez mais fortes, mais confiantes. Ele encontrou essa confiança. Ele está pilotando muito bem e entregando o tipo de performance que esperávamos".

Pérez é o terceiro piloto a correr ao lado de Max Verstappen desde a saída de Daniel Ricciardo no fim de 2018. Ele chegou para substituir Alex Albon que, junto com seu antecessor Pierre Gasly, também sofreram com as características do carro da Red Bull, que se ajustam mais ao estilo do holandês.

Questionado sobre os motivos da falta de confiança de Pérez no começo, Horner disse: "Acho que foi por causa do novo conceito de carro, sensação e, obviamente o redor. Levou um tempo para ele assimilar tudo isso, mas ele conseguiu".

Graças às corridas em Austin e no México, a Red Bull reduziu uma vantagem que a Mercedes tinha no Mundial de 36 pontos para apenas um, colocando-a novamente na luta pelo primeiro título desde 2013.

Por mais feliz que Pérez tenha ficado com seu resultado em casa, ele sente que a Red Bull ainda precisa entender "o que deu errado" na classificação, quando a Mercedes fez uma dobradinha.

"Do nada, tudo virou para o outro lado e a Mercedes apareceu como uma força muito forte. Ainda há quatro provas pela frente e a batalha segue apertada".

F1: CHORO, DRAMA e RIVALIDADE! Relembre as últimas cinco vezes que o GP DO BRASIL definiu CAMPEÕES

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #144:  GP no Brasil será o mais decisivo dos últimos 10 anos?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
Audi quer comprar McLaren, enquanto Porsche deseja ceder motores à Red Bull na F1; entenda
Artigo anterior

Audi quer comprar McLaren, enquanto Porsche deseja ceder motores à Red Bull na F1; entenda

Próximo artigo

F1: Mercedes explica como era plano ideal da largada de Hamilton e Bottas no México

F1: Mercedes explica como era plano ideal da largada de Hamilton e Bottas no México
Carregar comentários