25 anos: Como Ayrton Senna virou o rei de Mônaco

Relembre os grandes momentos do piloto brasileiro em Monte Carlo, onde é até hoje recordista da Fórmula 1

25 anos: Como Ayrton Senna virou o rei de Mônaco
Carregar reprodutor de áudio

Nesta quarta-feira (23) a última das seis vitórias de Ayrton Senna no GP de Mônaco completa 25 anos. O tricampeão mundial, reconhecido por seus grandes feitos na pista, teve passagem especialmente brilhante em Monte Carlo em seus dez anos de Fórmula 1. Muitas de suas atuações mais memoráveis foram no principado.

Por isso, relembre agora alguns dos momentos que fizeram Ayrton 'dividir o trono' de Mônaco com a família real monegasca.

Veja:

1984 - A revelação
1984 - A revelação
1/13
Depois de pontuar na África do Sul e na Bélgica, no início daquele ano, Senna foi a sensação do GP de Mônaco (sexta etapa). No carro mediano da Toleman, ele fez seu talento valer debaixo de um dilúvio para passar por campeões mundiais como Keke Rosberg e Niki Lauda e ser 2º. A prova foi paralisada justamente no momento que ele passava o líder, Alain Prost.

Foto de: Sutton Motorsport Images

1987 - A primeira vitória
1987 - A primeira vitória
2/13
Depois de sair em segundo, Senna se aproveitou de um problema mecânico do pole position e líder Nigel Mansell para iniciar sua sequência histórica de vitórias em Mônaco.

Foto de: LAT Images

1988 - Volta destruidora em um dia...
1988 - Volta destruidora em um dia...
3/13
Em seu primeiro ano na McLaren, Ayrton fez aquela que é reconhecida como uma das voltas de classificação mais sensacionais da história. Com o mesmo o carro, o fantástico MP4/4, ele colocou 1s427 em cima do companheiro de equipe e então bicampeão Alain Prost. No entanto, a sorte de Ayrton acabou no dia seguinte...

Foto de: Sutton Motorsport Images

1988 - ... carro destruído no outro
1988 - ... carro destruído no outro
4/13
Senna liderava a corrida com mais de 50 segundos à frente do francês, quando resolveu aliviar seu ritmo e perdeu a concentração. Senna bateu na entrada do túnel e foi direto para sua casa, que ficava há poucos minutos de caminhada dali. Muitos acreditam que a derrota neste GP foi crucial para a evolução de Senna como piloto.

Foto de: Sutton Motorsport Images

1989 - Segunda vitória
1989 - Segunda vitória
5/13
Um ano depois, Senna se redimiu. Vitória de ponta a ponta na prova monegasca e sem nenhum susto sequer durante as 77 voltas do GP.

Foto de: LAT Images

1990 - Terceira vitória
1990 - Terceira vitória
6/13
Mais uma vitória tranquila de Ayrton em Mônaco. No entanto, o piloto deu emoção ao GP em seu fim, quando desacelerou seu ritmo e viu Jean Alesi e Gerhard Berger chegando colados em sua McLaren na bandeirada.

Foto de: LAT Images

1991 - Quarta vitória em início de ano perfeito
1991 - Quarta vitória em início de ano perfeito
7/13
A prova de Mônaco em 1991 teve um gosto especial para Senna. Com mais uma vitória dominadora no principado, o brasileiro fechou um início de mundial perfeito, ganhando as primeiras quatro provas do mundial e cimentando seu caminho para o tricampeonato no fim daquele ano.

Foto de: Sutton Motorsport Images

1992 - O carro mais largo de Monte Carlo
1992 - O carro mais largo de Monte Carlo
8/13
Com um carro aquém de seu talento, Senna fez milagre. Depois de superar Riccardo Patrese na largada, ele esperou até a volta 71. Foi quando Nigel Mansell parou nos boxes para trocar de pneus após furar um deles. Com borracha nova, o inglês infernizou a vida do brasileiro em um dos fins de prova mais memoráveis da história da F1. Senna resistiu bravamente.
1993 - Sexta e última vitória
1993 - Sexta e última vitória
9/13
Há exatos 25 anos, Senna contou com a sorte para vencer pela sexta e última vez em Mônaco. Depois de um acidente forte nos treinos, o brasileiro correu com a mão machucada no domingo. O pole Alain Prost queimou a largada e foi punido por isso. Depois, Michael Schumacher viu seu motor Ford estourar. Isso abriu caminho para Senna triunfar pela quinta vez seguida no principado.

Foto de: LAT Images

1993 - Rei de Mônaco
1993 - Rei de Mônaco
10/13
Com a vitória, Senna se tornou o rei de Mônaco, com seis vitórias, superando as cinco do britânico bicampeão mundial Graham Hill.

Foto de: Rainer W. Schlegelmilch

1994 - A homenagem
1994 - A homenagem
11/13
Quis o destino que Senna morresse justamente duas semanas antes do GP de Mônaco, e que a pole position de Monte Carlo fosse palco da homenagem mais tocante daquela prova, com todos os pilotos fazendo um minuto de silêncio antes da largada.

Foto de: Sutton Motorsport Images

1994 - A última pole?
1994 - A última pole?
12/13
Ninguém largou da primeira fila naquele GP, já que nas duas primeiras posições tínhamos bandeiras do Brasil e da Áustria (fazendo referência a Roland Ratzenberger, que também havia morrido em Imola).

Foto de: Sutton Motorsport Images

1994 - A bandeira
1994 - A bandeira
13/13
Na cerimônia, Rubens Barrichello e Christian FIttipaldi seguraram esta bandeira, que ficou mundialmente conhecida.

Foto de: Sutton Motorsport Images

compartilhar
comentários
Rosbergs farão demonstração com carros de títulos em Mônaco
Artigo anterior

Rosbergs farão demonstração com carros de títulos em Mônaco

Próximo artigo

Ferrari ajusta montagem do retrovisor para o GP de Mônaco

Ferrari ajusta montagem do retrovisor para o GP de Mônaco