Fórmula 1
10 out
-
13 out
Evento encerrado
24 out
-
27 out
Evento encerrado
01 nov
-
03 nov
Evento encerrado
14 nov
-
17 nov
Evento encerrado
28 nov
-
01 dez
Evento encerrado

Alonso diz que se "sentiria mal" pilotando McLaren na pré-temporada da F1

compartilhar
comentários
Alonso diz que se "sentiria mal" pilotando McLaren na pré-temporada da F1
Por:
Co-autor: Scott Mitchell
27 de fev de 2019 16:50

Ex-piloto do time inglês deixou a F1 no fim do ano passado, mas ainda tem contrato com a equipe e pode testar ao longo do ano

Após deixar a Fórmula 1 no fim do ano passado, Fernando Alonso e McLaren chegaram a cogitar a possibilidade de o espanhol pilotar o MCL34 nos testes da pré-temporada 2019. Entretanto, serão os titulares deste ano, Carlos Sainz e Lando Norris, que irão realizar todo o trabalho em Barcelona. Isso porque o bicampeão mundial se “sentiria mal” ao guiar o novo carro do time inglês no circuito da Catalunha, em Montmeló.

"Os pilotos precisam aprender como a equipe reage em diferentes cenários de uma situação de corrida, então acho que é um período muito valioso para eles. Eu provavelmente já conheço esses procedimentos e eles ainda não passaram por isso, então eu me sentiria até mal”, disse Alonso.

Leia também:


Sainz chegou à McLaren neste ano e Norris fará sua primeira corrida na F1 no GP inaugural da temporada, em Melbourne, no dia 17 de março. Já Alonso agora terá a função de embaixador do time de Woking, e deve assumir o volante em “testes selecionados” ao longo do ano para auxiliar a equipe no desenvolvimento do MCL34 e do carro de 2020.

Mas, por enquanto, o espanhol não sente falta de ir à pista com a McLaren: “para ser honesto, não sinto saudades de pilotar, porque sei que a equipe tem uma programação de testes muito complexa. Estão fazendo algumas coisas para terem respostas antes da Austrália. À tarde, vão para a simulação de corrida para testar os pneus e o comportamento do carro”.

Alonso pilotou uma Fórmula 1 pela última vez no derradeiro GP de 2018 e só compareceu ao paddock nesta segunda semana de testes. O bicampeão admitiu que assistir tudo dos boxes é uma experiência bem diferente.

Fernando Alonso watches the action trackside

Fernando Alonso watches the action trackside

Photo by: LAT Images

“É distinto, porque você percebe uma abordagem mais geral em relação à tudo. É bastante diferente, mas ao mesmo tempo mantemos o foco em nosso carro”, disse. “O MCL34 provavelmente nasceu no ano passado, e tínhamos muitas esperanças nele em certos sentidos. Uns foram alcançadas, outros até excederam, e alguns ainda demandam mais tempo”.

O espanhol também ficou impressionado com o desempenho da Ferrari na primeira semana de teste, que terminou indicando certo favoritismo à escuderia por causa de seu ritmo e confiabilidade.

“Acho que todos ficara impressionados, já que eles estavam bem fortes. Não apenas com a performance mas também com a quilometragem rodada. No ano passado, foi parecido” , disse Alonso sobre sua ex-equipe. “Estiveram fortes em toda a pré-temporada e nas primeiras corridas, mas o campeonato é longo. Se tivermos um campeonato disputado como o último, estaremos felizes”.

Próximo artigo
Ricciardo: "Nenhuma evidência clara" da Renault à frente de equipes médias

Artigo anterior

Ricciardo: "Nenhuma evidência clara" da Renault à frente de equipes médias

Próximo artigo

Sainz mantém tempo da manhã e lidera dia; Ferrari não marca tempo

Sainz mantém tempo da manhã e lidera dia; Ferrari não marca tempo
Carregar comentários