Fórmula 1
25 mar
Próximo evento em
57 dias
06 mai
Próximo evento em
99 dias
20 mai
Próximo evento em
113 dias
R
GP do Azerbaijão
03 jun
Próximo evento em
127 dias
10 jun
Próximo evento em
134 dias
24 jun
Próximo evento em
148 dias
R
GP da Áustria
01 jul
Próximo evento em
155 dias
R
GP da Grã-Bretanha
15 jul
Próximo evento em
169 dias
29 jul
Próximo evento em
183 dias
R
GP da Bélgica
26 ago
Próximo evento em
211 dias
02 set
Próximo evento em
218 dias
09 set
Próximo evento em
225 dias
23 set
Próximo evento em
239 dias
R
GP de Singapura
30 set
Próximo evento em
246 dias
07 out
Próximo evento em
253 dias
21 out
Próximo evento em
267 dias
28 out
Próximo evento em
274 dias
05 nov
Próximo evento em
282 dias
R
GP da Austrália
18 nov
Próximo evento em
295 dias
R
GP da Arábia Saudita
03 dez
Próximo evento em
310 dias
R
GP de Abu Dhabi
12 dez
Próximo evento em
319 dias
Análise técnica de Giorgio Piola
Assunto

Análise técnica de Giorgio Piola

Análise: Ferrari continua com seu desenvolvimento técnico

compartilhar
comentários
Análise: Ferrari continua com seu desenvolvimento técnico
Por:
, Especialista
Co-autor: Matt Somerfield

Por mais que as esperanças de título da Ferrari tenham sido seriamente afetadas por problemas estratégicos e operacionais, a equipe continua trabalhando duro no lado técnico para tentar encostar na Mercedes

As peças instaladas na parte dianteira do carro para o GP da Rússia, incluindo um novo conceito de asa dianteira, foram mantidas para o GP do Japão, agora acompanhadas por uma nova configuração nos dutos dos freios.

A peça conta com duas novas aletas que saltam da fenda vertical, sendo que ambas tiram proveito do ovo fluxo gerado pela asa dianteira, guiando o ar para seu destino natural.

Na traseira do carro, a Ferrari optou por usar sua asa traseira de configuração de baixa pressão aerodinâmica, além de também testar uma nova ideia de buracos à frente do pneu traseiro.

Ferrari SF71H floor comparison, Suzuka

Ferrari SF71H floor comparison, Suzuka

Photo by: Giorgio Piola

O buraco, que trabalha em conjunto com aqueles que estão à sua frente, controla os efeitos do ar causados pela rotação e deformação da roda em direção ao difusor.

Os buracos aliviam o fluxo para que o ar atinja o pneu de forma menos abrupta, enquanto também cria uma espécie de asa em sua borda, que protege o ar que é empurrado ao difusor.

Para o GP do Japão, a Ferrari optou por estender este buraco ao longo do assoalho (destacado em amarelo e com as setas).

Esta é a primeira alteração desta natureza na equipe desde que o conceito foi modificado em Silverstone, indicando a uma otimização do fluxo em vez de uma adaptação completa.  

A equipe só usou o novo assoalho durante o primeiro treino, mas, uma vez que fizer uma análise completa de suas consequências, ele poderá retornar em uma corrida futura caso haja um ganho de performance claro.  

Sainz: falta de ganho no motor explica queda da Renault

Artigo anterior

Sainz: falta de ganho no motor explica queda da Renault

Próximo artigo

Vettel: facilitamos muito a vida de Mercedes e Hamilton

Vettel: facilitamos muito a vida de Mercedes e Hamilton
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Equipes Ferrari
Autor Giorgio Piola