Ano sabático de Button protege recorde de Barrichello na F1

Com recorde de participações no campeonato, brasileiro será apenas superado por inglês caso Button inicie outra temporada

Ano sabático de Button protege recorde de Barrichello na F1
Jenson Button, McLaren signs autographs for fans
Rubens Barrichello
Jenson Button, McLaren MP4-31
Jenson Button, McLaren puts on his helmet in the garage
Rubens Barrichello, Honda Racing F1 Team
Jenson Button, McLaren Honda F1 Team MP4-31
Carregar reprodutor de áudio

Com 326 provas na Fórmula 1, Rubens Barrichello é até hoje o recordista de participações na categoria. O brasileiro, que permaneceu no campeonato de 1993 até 2011, foi o primeiro piloto a superar a barreira dos 300 GPs na história do mundial.

Esta marca foi alcançada por Jenson Button no GP da Bélgica há duas semanas. O piloto, agora com 301 GPs, irá chegar até seu GP de número 308 ainda neste ano – empatando com o alemão heptacampeão do mundo Michael Schumacher.

Porém, confirmando o ano sabático em 2017, Jenson perde a chance de bater o recorde de participações de Rubens Barrichello na F1. Restariam mais 18 corridas para que o inglês chegasse no brasileiro.

No entanto, o recorde de Barrichello estará a salvo apenas por um ano se a promessa de Button for cumprida. O campeão mundial de 2009 garante que irá voltar à atividade no ano de 2018 pela McLaren, ou no lugar de Stoffel Vandoorne - se o estreante não for bem - ou no lugar de Fernando Alonso - que pode deixar a McLaren no fim de seu contrato.

Se realmente voltar, Button só baterá o recorde de Barrichello em 2018, o que dá a Rubinho ao menos um ano mais como recordista de participações na F1.

compartilhar
comentários
Ecclestone diz que F1 precisa de mais Verstappens
Artigo anterior

Ecclestone diz que F1 precisa de mais Verstappens

Próximo artigo

Coluna do Massa: Bastidores da despedida e GP da Itália

Coluna do Massa: Bastidores da despedida e GP da Itália
Carregar comentários