Fórmula 1
25 mar
Próximo evento em
67 dias
06 mai
Próximo evento em
109 dias
20 mai
Próximo evento em
123 dias
R
GP do Azerbaijão
03 jun
Próximo evento em
137 dias
10 jun
Próximo evento em
144 dias
24 jun
Próximo evento em
158 dias
R
GP da Áustria
01 jul
Próximo evento em
165 dias
R
GP da Grã-Bretanha
15 jul
Próximo evento em
179 dias
29 jul
Próximo evento em
193 dias
R
GP da Bélgica
26 ago
Próximo evento em
221 dias
02 set
Próximo evento em
228 dias
09 set
Próximo evento em
235 dias
23 set
Próximo evento em
249 dias
R
GP de Singapura
30 set
Próximo evento em
256 dias
07 out
Próximo evento em
263 dias
21 out
Próximo evento em
277 dias
28 out
Próximo evento em
284 dias
05 nov
Próximo evento em
292 dias
R
GP da Austrália
18 nov
Próximo evento em
305 dias
R
GP da Arábia Saudita
03 dez
Próximo evento em
320 dias
R
GP de Abu Dhabi
12 dez
Próximo evento em
329 dias

Williams pode superar inexperiência, diz Mansell

compartilhar
comentários
Williams pode superar inexperiência, diz Mansell
Por:
Traduzido por: Daniel Betting

Campeão da F1 de 1992 acredita que equipe pode entregar bons resultados, apesar da pouca experiência de Lance Stroll e Sergey Siroktin

Lance Stroll, Williams FW40
Sergey Sirotkin, Williams eats
Sergey Sirotkin, Williams FW40
Sergey Sirotkin, Williams FW40
Lance Stroll and Sergey Sirotkin, Williams
Sergey Sirotkin, Williams FW40
Sergey Sirotkin, Williams FW40

A Williams pode oferecer bons resultados durante a temporada 2018 da Fórmula 1, uma vez que a inexperiência do piloto não é a desvantagem como já foi, diz o campeão mundial de 1992, Nigel Mansell.

A equipe anunciou que Sergey Siroktin será parceiro de Lance Stroll nesta temporada, com os dois pilotos com uma idade combinada de 41 anos, que é três anos mais velho que Kimi Raikkonen.

A equipe assinou com Robert Kubica como seu piloto de desenvolvimento e reserva, com o objetivo de usar sua experiência para fornecer suporte aos pilotos e ao desenvolvimento dos carros.

Mansell disse que, apesar de ter uma formação inexperiente dos anos anteriores, seria um desafio, mas os carros modernos da F1 são mais fáceis de conduzir e, portanto, é um problema a menos.

"Nos anos que passaram, sem o auxílio do computador, eu ficaria preocupado com dois jovens pilotos da equipe", disse Mansell ao Autosport.

"Esse não é o caso agora com tantos engenheiros de suporte e tanta informação. Um carro de Fórmula 1, até ser entregue ao piloto a uma certa velocidade, se pilota sozinho. Então eles receberão muito apoio”.

"Espero que se o carro for bom haverá algumas corridas onde possam brilhar. Espero que eles não caiam no grid".

Kubica realizará extensos testes de simuladores ao lado de seus atributos em pista que se estenderão aos testes de pré-temporada e na temporada, além de algumas aparições nos treinos de sexta-feira.

Mansell disse que Sirotkin e Stroll podem aprender muito com o vencedor do GP do Canadá de 2008, Kubica, que foi apontado como um futuro campeão mundial antes de seu acidente durante prova de rali.

"Depende de quanta experiência um piloto tenha obtido para ganhar e competir em um nível alto", disse Mansell. "Competir em um alto nível é uma coisa, ganhar em um alto nível é outra coisa”.

"Eu acho interessante ter sido companheiro de equipe de campeões mundiais e trabalhar com todos eles de perto, você tende a aprender muito rápido. Você tem mais informações. Isso sempre me interessa para obter a perspectiva de outra pessoa".

Cosworth quer parceria com Aston Martin na Fórmula 1

Artigo anterior

Cosworth quer parceria com Aston Martin na Fórmula 1

Próximo artigo

Rosberg celebra: Kubica tem “megacontrato” com a Williams

Rosberg celebra: Kubica tem “megacontrato” com a Williams
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Sergey Sirotkin , Lance Stroll
Equipes Williams
Autor Lawrence Barretto