Memória: as ocasiões em que corridas da F1 terminaram com Safety Car

O fã da F1 tem a sorte de ter a grande maioria das corridas sendo encerradas sem o auxílio do Safety Car. Hoje vamos relembrar as que não tiveram o mesmo destino

Memória: as ocasiões em que corridas da F1 terminaram com Safety Car
Carregar reprodutor de áudio

No dia 28 de março de 1993, durante o GP do Brasil, o safety car apareceu na pista devido à forte chuva que caia em Interlagos, algumas semanas depois de finalmente ter sido finalmente introduzida oficialmente nas regras da F1.

Suas intervenções se multiplicaram desde então e na galeria abaixo nós revivemos as corridas que terminaram sob o comando do carro de segurança.

Leia também:

GP do Canadá de 1999
GP do Canadá de 1999
1/23
A edição de 1999 do GP do Canadá foi marcada por numerosos acidentes. O safety car entrou quatro vezes: primeiro por causa de acidente na largada, depois por Ricardo Zonta (BAR), por Jacques Villeneuve (BAR)...

Foto de: LAT Images

GP do Canadá de 1999
GP do Canadá de 1999
2/23
...e finalmente por Heinz-Harald Frentzen. A quatro voltas do final, o alemão, o segundo na corrida com a Jordan, sofreu uma quebra em um de seus discos de freio, o que o levou à barreira de pneus da primeira chicane. O impacto foi grave e Frentzen, consciente, permaneceu muito tempo em seu cockpit.

Foto de: LAT Images

GP do Canadá de 1999
GP do Canadá de 1999
3/23
A direção de prova decidiu chamar o Safety Car, mas não houve tempo suficiente para recomeçar a corrida, com a vitória de Mika Hakkinen (McLaren) à frente de Giancarlo Fisichella (Benetton) e Eddie Irvine (Ferrari).

Foto de: Sutton Motorsport Images

GP da Austrália de 2009
GP da Austrália de 2009
4/23
Como Jenson Button caminhando para um sucesso retumbante e previsível, o segundo lugar foi objeto de dura briga entre Sebastian Vettel (Red Bull) e Robert Kubica (BMW Sauber). O polonês, com pneus melhores, teve o ritmo para ultrapassar, mas o alemão resistia.

Foto de: Sutton Motorsport Images

GP da Austrália de 2009
GP da Austrália de 2009
5/23
Na curva 3 da volta 56 eles se tocaram. A princípio, apesar dos carros danificados, eles pareciam capazes de continuar seu caminho, pelo menos até os boxes. Mas eles tocaram novamente na curva 5, fazendo com que o carro de segurança saísse.

Foto de: Scott Wensley

GP da Austrália de 2009
GP da Austrália de 2009
6/23
Isso deu a Brawn uma dobradinha, graças ao segundo lugar de Rubens Barrichello, sem grandes problemas.

Foto de: Edd Hartley / Motorsport Images

GP da Itália de 2009
GP da Itália de 2009
7/23
Enquanto Barrichello estava a caminho de sua última vitória na carreira na F1, Button lutava contra Lewis Hamilton (McLaren). Na última volta, os britânicos deram tudo para tentar diminuir a distância para o brasileiro, especialmente Hamilton.

Foto de: Charles Coates / Motorsport Images

GP da Itália de 2009
GP da Itália de 2009
8/23
Mas foi demais e ele colidiu. O acidente, bastante violento e destrutivo, forçou o diretor da prova a neutralizar o evento. De fato, o safety car não pôde ser colocado à frente do líder, mas o procedimento foi implementado.

Foto de: Steve Etherington / Motorsport Images

GP da Itália de 2009
GP da Itália de 2009
9/23
Mais uma vez, outra dobradinha da Brawn em uma corrida terminou com o Safety Car.

Foto de: Sutton Motorsport Images

GP de Mônaco de 2010
GP de Mônaco de 2010
10/23
O GP de Mônaco de 2010 foi um evento agitado no qual o Safety Car participou em quatro ocasiões. Inicialmente, após o acidente de Nico Hulkenberg (Williams) no túnel. Na volta 31, quando seu companheiro de equipe, Barrichello, bateu nas proteções. Algumas voltas depois, para verificar a tampa do bueiro que saiu após o acidente do brasileiro.

Foto de: Steven Tee / Motorsport Images

GP de Mônaco de 2010
GP de Mônaco de 2010
11/23
Na volta 74 de 78, o acidente espetacular entre Jarno Trulli e Karun Chandhok na Rascasse causou a entrada do carro de segurança pela última vez, embora tenha entrado quase uma volta após o incidente.

Foto de: Sutton Motorsport Images

GP de Mônaco de 2010
GP de Mônaco de 2010
12/23
Isso garantiu a vitória de Mark Webber (Red Bull), contra seu companheiro de equipe, Sebastian Vettel. Mas o australiano teve sorte, porque Trulli e Chandhok se tocaram bem à sua frente.

Foto de: Sutton Motorsport Images

GP do Brasil de 2012
GP do Brasil de 2012
13/23
Uma batalha pelo título, mudanças nas condições, Interlagos... Os ingredientes estavam lá para tornar a corrida memorável. A princípio, a intervenção do safety car não foi considerada necessária, apesar da colisão que envolveu Vettel e da violenta saída de Romain Grosjean (Lotus). No entanto, o safety car veio para limpar os detritos na pista na volta 23.

Foto de: Sutton Motorsport Images

GP do Brasil de 2012
GP do Brasil de 2012
14/23
Embora não tenha saído no momento da colisão entre Hamilton e Nico Hulkenberg (Force India), ele foi para a pista e selou o destino do campeonato, após o acidente de Paul Di Resta (Force India), nas antepenúltima volta. Jenson Button (McLaren) garantiu a vitória.

Foto de: Charles Coates / Motorsport Images

GP do Brasil de 2012
GP do Brasil de 2012
15/23
Apesar da controvérsia por uma possível infração de Vettel no final da corrida, o alemão conquistou seu terceiro título, contra Fernando Alonso (Ferrari).

Foto de: Patrik Lundin / Motorsport Images

GP do Canadá de 2014
GP do Canadá de 2014
16/23
No início da última volta do GP do Canadá de 2014, Felipe Massa (Williams) tentou ultrapassar Sergio Pérez (Force India) pela quarta posição. O brasileiro entrou na curva 1, mas uma ligeira mudança na trajetória do mexicano o levou a se tocarem. Os dois carros foram violentamente contra os pneus, felizmente sem danos aos pilotos. O carro de segurança entrou em cena.

Foto de: Glenn Dunbar / Motorsport Images

GP do Canadá de 2014
GP do Canadá de 2014
17/23
Duas voltas antes do final, Daniel Ricciardo aproveitou a Mercedes danificada de Nico Rosberg para assumir a liderança e conseguir sua primeira vitória na F1.

Foto de: Steve Etherington / Motorsport Images

GP do Canadá de 2014
GP do Canadá de 2014
18/23
Vettel parabenizou seu companheiro de equipe depois que ele quase foi atropelado pelo carro incontrolável de Massa na primeira curva.

Foto de: Andrew Hone / Motorsport Images

GP da China de 2015
GP da China de 2015
19/23
Desta vez, não foi por acaso: o GP da China não é um evento a ser lembrado. No entanto, seu final foi surpreendente: enquanto ocupava o oitavo lugar, Max Verstappen sofreu um problema no motor na reta de chegada.

Foto de: Patrik Lundin / Motorsport Images

GP da China de 2015
GP da China de 2015
20/23
Ele parou sua Toro Rosso na pista no início da volta 53 das 56 planejadas. Portanto, foi necessária a intervenção do safety car para tirá-lo e, de fato, terminar a corrida.

Foto de: Mark Sutton / Motorsport Images

GP da China de 2015
GP da China de 2015
21/23
A vitória foi para Lewis Hamilton (Mercedes).

Foto de: Charles Coates / Motorsport Images

GP do Bahrein de 2019
GP do Bahrein de 2019
22/23
No início da 55ª volta, Nico Hulkenberg e Daniel Ricciardo sofreram um problema no motor nas primeiras curvas e tiveram que parar. A situação levou à entrada do safety car, que selou o destino da corrida.

Foto de: Simon Galloway / Motorsport Images

GP do Bahrein de 2019
GP do Bahrein de 2019
23/23
Infelizmente, no final da corrida, Charles Leclerc (Ferrari) sofreu um problema no motor que o levou a perder muita potência quando liderava. Assim, as Mercedes de Hamilton e Bottas o ultrapassou sem problemas. O monegasco salvou seu primeiro pódio na F1 graças ao Safety Car, congelando as posições logo antes de Max Verstappen (Red Bull) ultrapassá-lo.

Foto de: Mark Sutton / Motorsport Images

Top 5 corridas mais geniais de pilotos na F1, por Felipe Motta

 

 

compartilhar
comentários
Nelsinho revela como a família Piquet lida com idolatria a Senna
Artigo anterior

Nelsinho revela como a família Piquet lida com idolatria a Senna

Próximo artigo

Vettel ressalta necessidade de paciência em momento “doloroso” sem corridas

Vettel ressalta necessidade de paciência em momento “doloroso” sem corridas