Asas da Racing Point, traseira da Ferrari e mais; veja as novidades técnicas das equipes para GP do Bahrein

Giorgio Piola e Matthew Somerfield buscaram imagens do paddock nesta quinta-feira que mostrassem novidades dos times para corrida em Sakhir. Saiba o que foi notado

Asas da Racing Point, traseira da Ferrari e mais; veja as novidades técnicas das equipes para GP do Bahrein

A Fórmula 1 chega à reta final na última sequência de três corridas do campeonato de 2020. Mesmo com o campeão já definido, as equipes ainda buscam um lugar melhor para finalizar a temporada e não tiraram o pé na evolução de suas máquinas.

Leia também:

Os especialistas do Motorsport.com, Giorgio Piola e Matthew Somerfield foram atrás de imagens no paddock que mostraram algo diferente do que já foi apresentado nas corridas anteriores. Confira:

Asas da Racing Point
Asas da Racing Point
1/11

Foto de: Giorgio Piola

Duas asas dianteiras são giradas para baixo no pitlane da Racing Point. Elas têm uma diferença muito sutil, já que a de cima tem uma aba superior que foi ligeiramente aparada para trás e também tem um suporte de metal adicional. O suporte evitará que a lacuna entre ele e a próxima aba se abra e feche conforme a carga aumenta e se dissipa e deve oferecer um efeito aerodinâmico mais consistente, o que é especialmente importante considerando que as pontas das abas ajudam a moldar o vórtice Y250 abaixo.
Traseira da Ferrari
Traseira da Ferrari
2/11

Foto de: Giorgio Piola

Foto da parte traseira do SF1000 da Ferrari, que foi transformada nas últimas corridas para receber influências de designs anteriores. Isso inclui o painel ao lado da estrutura de impacto, que forma um teto para a calha do piso abaixo da caixa de câmbio. Observe que a saída de resfriamento principal é dividida em duas partes, com a carenagem da seção superior mais curta que a inferior.
Carenagem da Ferrari
Carenagem da Ferrari
3/11

Foto de: Mark Sutton / Motorsport Images

Esta imagem da tampa do motor antes de ser colocada no carro dá uma outra visão da saída de resfriamento mais curta criada na parte superior da entrada maior, com a parte de fibra de carbono ‘nua’ criando essa divisão.
Asa dianteira da Ferrari
Asa dianteira da Ferrari
4/11

Foto de: Giorgio Piola

A Ferrari revisou o projeto do bico algumas corridas atrás, alterando a posição do arado entre os pilares das asas e a ponta do nariz. Enquanto isso, o flap superior da asa dianteira foi cortado nas últimas corridas.
Asas da Alfa Romeo
Asas da Alfa Romeo
5/11

Foto de: Giorgio Piola

Eis as asas dianteiras da Alfa Romeo empilhadas fora da garagem. Observe que os elementos internos da aba superior foram removidos, para que possamos ver as duas travessas montadas na parte inferior da asa.
DAS da Mercedes
DAS da Mercedes
6/11

Foto de: Giorgio Piola

Os mecânicos da Mercedes preparam os carros para a ação neste fim de semana. Observe que a montagem DAS ainda está em uso no W11, mesmo nos estágios finais da temporada com os dois campeonatos concluídos, embora a Mercedes não possa usá-lo no próximo ano.
Caixa de ar da Renault
Caixa de ar da Renault
7/11

Foto de: Mark Sutton / Motorsport Images

A caixa de ar estilo periscópio da Renault não só apresenta a entrada principal em estilo caixa de correio que pode ser vista acima do halo, mas também tem uma grande abertura abaixo dela, que alimenta um refrigerador montado no topo do conjunto da unidade de força.
Traseira da Mercedes
Traseira da Mercedes
8/11

Foto de: Giorgio Piola

Traseira do Mercedes W11, vencedor do campeonato. Observe a coleção de aletas montadas sob os canos de escape, demonstrando uma atenção maravilhosa aos detalhes.
Traseira da Racing Point
Traseira da Racing Point
9/11

Foto de: Giorgio Piola

Nesta foto da extremidade traseira do Racing Point RP20, observe os contornos das placas da asa traseira e como elas se encontram nas pontas dos recortes serrilhados.
Traseira da McLaren
Traseira da McLaren
10/11

Foto de: Giorgio Piola

Veja como a parte central do difusor está mais estreita no McLaren MCL35 em comparação com as outras equipes.
Traseira da Ferrari
Traseira da Ferrari
11/11

Foto de: Giorgio Piola

Nesta foto da traseira do Ferrari SF1000, você notará os adesivos xadrez colocados nas várias superfícies do difusor. Eles atuam como pontos de referência que podem ser monitorados por uma câmera de alta velocidade e indicam quanto movimento existe. A equipe, então, usará essas informações para fazer melhorias na construção dessas superfícies.

Veja como a sujeira do GP da Turquia revelou os 'segredos' aerodinâmicos dos carros da Fórmula 1

PODCAST: Domínio da Mercedes tira mérito de Hamilton em suas conquistas?

 

compartilhar
Questionado sobre salário, Hamilton 'zoa' chefe da AlphaTauri: "Quem é esse?"

Artigo anterior

Questionado sobre salário, Hamilton 'zoa' chefe da AlphaTauri: "Quem é esse?"

Próximo artigo

Acompanhe o primeiro treino livre para o GP do Bahrein de F1 em Tempo Real

Acompanhe o primeiro treino livre para o GP do Bahrein de F1 em Tempo Real