Balanço de meio de ano da F1: fase de limbo na Toro Rosso

Com dois pilotos sem grandes expectativas imediatas, equipe satélite da Red Bull mostra força no pelotão intermediário, mas desafio é não despencar no segundo semestre

Balanço de meio de ano da F1: fase de limbo na Toro Rosso
Carregar reprodutor de áudio
A Toro Rosso teve um primeiro semestre estranho em 2017. O rendimento dentro da pista não foi dos piores, mas a expectativa é por não perder terreno na fase final da temporada.
A Toro Rosso teve um primeiro semestre estranho em 2017. O rendimento dentro da pista não foi dos piores, mas a expectativa é por não perder terreno na fase final da temporada.
1/12

Foto de: XPB Images

A equipe apostou em uma estabilidade em seus pilotos para este ano. Carlos Sainz permaneceu pela terceira temporada, enquanto que Daniil Kvyat entrou em seu quarto ano na F1
A equipe apostou em uma estabilidade em seus pilotos para este ano. Carlos Sainz permaneceu pela terceira temporada, enquanto que Daniil Kvyat entrou em seu quarto ano na F1
2/12

Foto de: XPB Images

Porém, houve uma mudança nos motores: a Toro Rosso trocou os antigos Ferrari pelos Renault.
Porém, houve uma mudança nos motores: a Toro Rosso trocou os antigos Ferrari pelos Renault.
3/12

Foto de: Red Bull Content Pool

Até as cores mudaram: a Toro Rosso trocou a antiga pintura azul escura e vermelha por cores mais claras e metálicas.
Até as cores mudaram: a Toro Rosso trocou a antiga pintura azul escura e vermelha por cores mais claras e metálicas.
4/12

Foto de: XPB Images

O ano começou promissor: na Austrália, Sainz e Kvyat se classificaram no top 10 e marcaram pontos.
O ano começou promissor: na Austrália, Sainz e Kvyat se classificaram no top 10 e marcaram pontos.
5/12

Foto de: LAT Images

Sainz, na verdade, se destacou durante as corridas. Ao todo, o espanhol pontuou em 7 das 11 provas disputadas, com 35, o que o deixou na nona colocação no Mundial de Pilotos.
Sainz, na verdade, se destacou durante as corridas. Ao todo, o espanhol pontuou em 7 das 11 provas disputadas, com 35, o que o deixou na nona colocação no Mundial de Pilotos.
6/12

Foto de: LAT Images

Kvyat, por sua vez, não teve a melhor das campanhas. O russo pontuou por apenas duas vezes, anotando 4 pontos. Ele está em 17º na tabela.
Kvyat, por sua vez, não teve a melhor das campanhas. O russo pontuou por apenas duas vezes, anotando 4 pontos. Ele está em 17º na tabela.
7/12

Foto de: Charles Coates / Motorsport Images

O russo, que causou algumas confusões, terminou a primeira metade da campanha correndo risco de uma suspensão devido ao acúmulo de pontos na carteira.
O russo, que causou algumas confusões, terminou a primeira metade da campanha correndo risco de uma suspensão devido ao acúmulo de pontos na carteira.
8/12

Foto de: Sutton Motorsport Images

Um dos pontos fracos do conjunto aparenta ser a falta de confiabilidade. Em 22 largadas (11 para cada piloto), o STR12 deixou de completar em oito provas, incluindo os acidentes.
Um dos pontos fracos do conjunto aparenta ser a falta de confiabilidade. Em 22 largadas (11 para cada piloto), o STR12 deixou de completar em oito provas, incluindo os acidentes.
9/12

Foto de: Sutton Motorsport Images

Contudo, ambos os pilotos estão em uma espécie de limbo. Sainz não conta com espaço na Red Bull, enquanto que Kvyat, mesmo com desempenho apagado, caminha em direção a uma renovação de contrato.
Contudo, ambos os pilotos estão em uma espécie de limbo. Sainz não conta com espaço na Red Bull, enquanto que Kvyat, mesmo com desempenho apagado, caminha em direção a uma renovação de contrato.
10/12

Foto de: Sutton Motorsport Images

A campanha teve espaço para algumas polêmicas. Sainz e Kvyat chegaram a bater na primeira volta do GP da Inglaterra, o que eliminou o espanhol e atrasou o russo.
A campanha teve espaço para algumas polêmicas. Sainz e Kvyat chegaram a bater na primeira volta do GP da Inglaterra, o que eliminou o espanhol e atrasou o russo.
11/12

Foto de: Charles Coates / Motorsport Images

A Toro Rosso é a sexta colocada no Mundial, apenas dois pontos atrás da Williams. Contudo, ela deve ficar ligada com o crescimento de Haas e Renault para não perder terreno.
A Toro Rosso é a sexta colocada no Mundial, apenas dois pontos atrás da Williams. Contudo, ela deve ficar ligada com o crescimento de Haas e Renault para não perder terreno.
12/12

Foto de: Zak Mauger / Motorsport Images

compartilhar
comentários
Gene Haas diz que diferenças entre times da F1 é deprimente
Artigo anterior

Gene Haas diz que diferenças entre times da F1 é deprimente

Próximo artigo

Hamilton mostra cautela com “armadilhas” dos pneus

Hamilton mostra cautela com “armadilhas” dos pneus
Carregar comentários