Balanço de meio de ano da F1: Williams e o recomeço em 2017

Equipe passa por fase de reestruturação interna e tenta estabilizar crescimento sob o comando de Felipe Massa

Balanço de meio de ano da F1: Williams e o recomeço em 2017
A primeira metade de 2017 foi turbulenta nos bastidores e instável dentro da pista para a Williams, que chegou às férias de agosto na metade da tabela entre os construtores.
A primeira metade de 2017 foi turbulenta nos bastidores e instável dentro da pista para a Williams, que chegou às férias de agosto na metade da tabela entre os construtores.
1/14

Foto de: LAT Images

O time passou por uma mudança inesperada: Valtteri Bottas foi convocado pela Mercedes, o que fez com que a Williams chamasse Felipe Massa para voltar da aposentadoria.
O time passou por uma mudança inesperada: Valtteri Bottas foi convocado pela Mercedes, o que fez com que a Williams chamasse Felipe Massa para voltar da aposentadoria.
2/14

Foto de: LAT Images

Seu parceiro de equipe seria Lance Stroll, campeão da F3 Europeia e que seria, aos 18 anos, o piloto mais jovem do grid.
Seu parceiro de equipe seria Lance Stroll, campeão da F3 Europeia e que seria, aos 18 anos, o piloto mais jovem do grid.
3/14

Foto de: LAT Images

Outra mudança nos bastidores parecia fortalecer a equipe: Paddy Lowe, ex-diretor técnico da Mercedes, chegava à Williams para assumir o controle do projeto do carro.
Outra mudança nos bastidores parecia fortalecer a equipe: Paddy Lowe, ex-diretor técnico da Mercedes, chegava à Williams para assumir o controle do projeto do carro.
4/14

Foto de: LAT Images

O FW40 mostrou velocidade no começo do ano, mas acabou ficando para trás com o passar do campeonato.
O FW40 mostrou velocidade no começo do ano, mas acabou ficando para trás com o passar do campeonato.
5/14

Foto de: XPB Images

Massa se destacou na Austrália e no Bahrein, com dois sextos lugares. O brasileiro frequentemente assumia a posição de “melhor do resto”, atrás somente de Mercedes, Ferrari e Red Bull.
Massa se destacou na Austrália e no Bahrein, com dois sextos lugares. O brasileiro frequentemente assumia a posição de “melhor do resto”, atrás somente de Mercedes, Ferrari e Red Bull.
6/14

Foto de: LAT Images

Porém, Massa sofreu alguns azares: problemas na Rússia, Espanha, Canadá e Azerbaijão impossibilitaram melhores resultados.
Porém, Massa sofreu alguns azares: problemas na Rússia, Espanha, Canadá e Azerbaijão impossibilitaram melhores resultados.
7/14

Foto de: Sutton Motorsport Images

Além disso, Massa teve um mal-estar que o deixou de fora do GP da Hungria. Seu substituto foi Paul di Resta, que não conseguiu pontuar.
Além disso, Massa teve um mal-estar que o deixou de fora do GP da Hungria. Seu substituto foi Paul di Resta, que não conseguiu pontuar.
8/14

Foto de: Glenn Dunbar / Motorsport Images

Stroll, por sua vez, teve uma primeira metade de campeonato recheada de altos e baixos. Seu começo foi bastante apagado, com atuações ruins e acidentes.
Stroll, por sua vez, teve uma primeira metade de campeonato recheada de altos e baixos. Seu começo foi bastante apagado, com atuações ruins e acidentes.
9/14

Foto de: LAT Images

O primeiro passo da recuperação veio no Canadá, quando pontuou pela primeira vez, em nono.
O primeiro passo da recuperação veio no Canadá, quando pontuou pela primeira vez, em nono.
10/14

Foto de: Glenn Dunbar / Motorsport Images

Na corrida seguinte, uma surpresa: bateu Massa no treino classificatório pela primeira vez e obteve um pódio com o terceiro lugar.
Na corrida seguinte, uma surpresa: bateu Massa no treino classificatório pela primeira vez e obteve um pódio com o terceiro lugar.
11/14

Foto de: Sutton Motorsport Images

O campeonato parecia que seria promissor para a Williams, mas o saldo da campanha não vem sendo bom. A equipe, então, quer voltar a crescer na segunda metade de temporada.
O campeonato parecia que seria promissor para a Williams, mas o saldo da campanha não vem sendo bom. A equipe, então, quer voltar a crescer na segunda metade de temporada.
12/14

Foto de: Glenn Dunbar / Motorsport Images

Massa tentará voltar a pontuar com maior frequência para, quem sabe, garantir sua permanência na equipe em 2018.
Massa tentará voltar a pontuar com maior frequência para, quem sabe, garantir sua permanência na equipe em 2018.
13/14

Foto de: Glenn Dunbar / Motorsport Images

Já Stroll quer continuar amadurecendo e se aproximar cada vez mais de Massa em termos de ritmo.
Já Stroll quer continuar amadurecendo e se aproximar cada vez mais de Massa em termos de ritmo.
14/14

Foto de: Glenn Dunbar / Motorsport Images

compartilhar
comentários
VÍDEO: os sons dos motores Williams desde a temporada 1977

Artigo anterior

VÍDEO: os sons dos motores Williams desde a temporada 1977

Próximo artigo

Kvyat: “paciência” é fundamental para melhora nos resultados

Kvyat: “paciência” é fundamental para melhora nos resultados
Carregar comentários