Fórmula 1
29 ago
-
01 set
Evento encerrado
05 set
-
08 set
Evento encerrado
19 set
-
22 set
Evento encerrado
26 set
-
29 set
Evento encerrado
10 out
-
13 out
Evento encerrado
31 out
-
03 nov
Próximo evento em
11 dias
14 nov
-
17 nov
R
GP de Abu Dhabi
28 nov
-
01 dez
Próximo evento em
39 dias

Fórmula 1: Bottas admite preocupação com velocidade da Ferrari

compartilhar
comentários
Fórmula 1: Bottas admite preocupação com velocidade da Ferrari
Por:
Co-autor: Adam Cooper
11 de abr de 2019 13:15

Piloto da Mercedes e líder da temporada, finlandês diz que ritmo da escuderia italiana no Bahrein foi "incomum" e projeta disputa na China

Líder da temporada 2019 da Fórmula 1, Valtteri Bottas, da Mercedes, está preocupado com o ritmo da Ferrari para o GP da China após a grande evolução da escuderia italiana no GP do Bahrein. “Sabemos que temos trabalho a fazer já que foi uma melhora incomum da Ferrari em termos de velocida da primeira para a segunda corrida”, admitiu o finlandês.

A Mercedes ficou surpresa com o déficit em relação à Ferrari no Bahrein, onde a escuderia italiana teria vencido com Charles Leclerc se o motor do monegasco não tivesse falhado. Embora Bottas tenha ressaltado a superioridade da equipe alemã em termos de confiabilidade, o finlandês admitiu que o mau desempenho do time de Maranello no GP da Austrália foi uma exceção.

Leia também:


"Eles obviamente tinham algo errado em Melbourne e talvez a forma do Bahrein seja a realidade deste momento. Se isso vai continuar, não sabemos. Mas conhecemos as áreas em que podemos evoluir e há outras melhorias no nosso carro. Espero que isso nos torne mais fortes, mas é difícil dizer mais do que isso”, analisou.

A velocidade da Ferrari nas retas pode ser uma arma poderosa na China. "Definitivamente, isso pode fazer a diferença. É uma pista com retas muito longas e a potência e a velocidade são realmente importantes aqui. Há curvas também, mas sabemos que eles estarão fortes neste fim de semana. Espero que tenhamos pontos fortes em outros lugares, mas podemos ver a onde precisamos avançar com o desenvolvimento”, comentou Bottas.

A Mercedes calculou que estava perdendo "quase cinco décimos" nas retas no GP do Bahrein. No entanto, o problema no motor de Leclerc e o erro de Sebastian Vettel na disputa com Hamilton permitiram a dobradinha da equipe alemã, com o britânico à frente. Assim, a Ferrari está 39 pontos dos atuais campeões no campeonato de construtores.

"As primeiras corridas de cada temporada são realmente difíceis de julgar. Não esperávamos o desempenho que tivemos na primeira corrida, e também não esperávamos o que vimos na segunda. Agora vamos apenas para a terceira. E já parece que faz muito tempo”, ponderou Hamilton.

O pentacampeão admitiu a preocupação para o milésimo GP da F1: "Espero que não tenhamos que depender da confiabilidade e que façamos uma prova melhor. Acho que a qualificação foi boa no Bahrein, mas na corrida houve uma grande diferença. A China é uma ótima pista, então quanto mais próximos estivermos, melhor”.

Valtteri Bottas, Mercedes AMG W10, leads Charles Leclerc, Ferrari SF90, and Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W10

Valtteri Bottas, Mercedes AMG W10, leads Charles Leclerc, Ferrari SF90, and Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W10

Photo by: Andy Hone / LAT Images

Próximo artigo
Vettel: Hamilton é o "único que não tem memória curta" sobre meus erros

Artigo anterior

Vettel: Hamilton é o "único que não tem memória curta" sobre meus erros

Próximo artigo

Má configuração da Red Bull causou dificuldades de Verstappen no Bahrein

Má configuração da Red Bull causou dificuldades de Verstappen no Bahrein
Carregar comentários