Button diz que pode correr no turismo japonês em 2017

Britânico da McLaren volta a falar de possibilidades para o próximo ano e cita pela primeira vez Super GT

Button diz que pode correr no turismo japonês em 2017
Jenson Button, McLaren signs autographs for fans
Jenson Button walks in the pit lane with trainer Mike Collier
Jenson Button, McLaren MP4-31
Jenson Button, McLaren puts on his helmet in the garage
Jenson Button, McLaren MP4-31
Jenson Button, McLaren Honda F1 Team MP4-31
Carregar reprodutor de áudio

O britânico Jenson Button anunciou no último GP da Itália que não competirá na Fórmula 1 no próximo ano. O piloto britânico tem contrato com a McLaren para 2018, mas tirará um ano sabático em 2017.

O campeão de 2009 diz que quer viver em sua própria agenda no ano que vem, e pode fazer vários campeonatos – incluindo rallycross, Super GT e até o mundial de triatlo.

"Quero passar mais tempo com os amigos, a família e fazer outras coisas. Eu amo triatlos e talvez corra de rallycross ou qualquer outra coisa, como Super GT no Japão", disse Button à Reuters em Cingapura.

"Há muitas opções e é por isso que é emocionante, porque eu posso viver minha vida do jeito que eu quero no próximo ano. Tenho um contrato para competir com a equipe em 2018, se a equipe quiser que eu corra e se eu sentir que quero correr.”

"Eu estou dirigindo na Fórmula 1 há 17 anos – que é toda a minha vida adulta – então eu quero viver um ano na minha vida que não seja guiado pela agenda da F1."

Categoria de carros de turismo, a Super GT é baseada no Japão. O ex-piloto da McLaren Heikki Kovalainen e o ex-piloto de testes da McLaren Oliver Turvey atualmente competem no campeonato.

compartilhar
comentários
Ex-chefe da FIA vê possível briga entre Bernie e Liberty
Artigo anterior

Ex-chefe da FIA vê possível briga entre Bernie e Liberty

Próximo artigo

Renault diz que dados do motor de 2017 são "encorajadores"

Renault diz que dados do motor de 2017 são "encorajadores"