Fórmula 1
29 ago
-
01 set
Evento encerrado
05 set
-
08 set
Evento encerrado
19 set
-
22 set
Evento encerrado
26 set
-
29 set
Evento encerrado
10 out
-
13 out
Evento encerrado
31 out
-
03 nov
Próximo evento em
15 dias
14 nov
-
17 nov
R
GP de Abu Dhabi
28 nov
-
01 dez
Próximo evento em
43 dias

Chefe da Alfa ficou preocupado com confiabilidade do carro de Raikkonen na China

compartilhar
comentários
Chefe da Alfa ficou preocupado com confiabilidade do carro de Raikkonen na China
Por:
15 de abr de 2019 14:08

Frederic Vasseur temia problemas na unidade de potência produzida pela Ferrari após contratempo com Antonio Giovinazzi nos treinos

Chefe de equipe da Alfa Romeo na Fórmula 1, Frederic Vasseur admitiu que estava preocupado com a confiabilidade do carro de Kimi Raikkonen devido à unidade de potência da Ferrari durante o GP da China deste domingo. “Estava fazendo figas no pit wall. Não foi fácil! Acho que no geral foi um bom domingo para nós, tivemos uma boa recuperação”, disse o francês.

Ao contrário da Haas, a Alfa optou por não adotar a nova especificação eletrônica oferecida pela Ferrari depois do problema sofrido por Charles Leclerc durante o GP do Bahrein. Entretanto, a sessão de qualificação de Antonio Giovinazzi foi arruinada pela recorrência do problema sofrido pelo piloto ferrarista. O italiano, então, recebeu o novo conjunto.

Leia também:


No entanto, Raikkonen manteve sua unidade original e, inevitavelmente, havia o risco de que ele também tivesse problemas. Na corrida, o finlandês foi bem-sucedido, saindo de 13º no grid para terminar em nono, registrando pontos pela terceira corrida consecutiva.

"É importante marcarmos pontos em todas as corridas e sermos consistentes. Sabemos perfeitamente que, se quisermos ficar bem posicionados - não me importa se em quarto ou quinto -, temos que ser consistentes ao longo de todas as corridas e capazes de marcar pontos em todos os eventos", disse o dirigente.

Vasseur reiterou que Raikkonen continua a impressionar a equipe: "Ele está marcando pontos, mesmo começando em 13. Ele ficou um pouco chateado por não conseguir pegar Ricciardo e Pérez no final, o que é um bom sinal! O ritmo estava lá e acho que seríamos capazes de alcança-los, mas tivemos alguns problemas. Perdemos a temperatura nos pneus dianteiros, principalmente devido à perda de downforce".

Kimi Raikkonen, Alfa Romeo Racing

Kimi Raikkonen, Alfa Romeo Racing

Photo by: Andy Hone / LAT Images

Próximo artigo
Início avassalador dá chance a Mercedes de quebra de recorde histórico

Artigo anterior

Início avassalador dá chance a Mercedes de quebra de recorde histórico

Próximo artigo

Papa Francisco receberá escultura de Ayrton Senna no Vaticano

Papa Francisco receberá escultura de Ayrton Senna no Vaticano
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP da China
Pilotos Kimi Raikkonen Compre Agora
Equipes Alfa Romeo
Autor Adam Cooper