Fórmula 1
06 mai
Próximo evento em
64 dias
20 mai
Próximo evento em
78 dias
R
GP do Azerbaijão
03 jun
Próximo evento em
92 dias
10 jun
Próximo evento em
99 dias
24 jun
Próximo evento em
113 dias
R
GP da Áustria
01 jul
Próximo evento em
120 dias
R
GP da Grã-Bretanha
15 jul
Próximo evento em
134 dias
29 jul
Próximo evento em
148 dias
R
GP da Bélgica
26 ago
Próximo evento em
176 dias
02 set
Próximo evento em
183 dias
09 set
Próximo evento em
190 dias
23 set
Próximo evento em
204 dias
R
GP de Singapura
30 set
Próximo evento em
211 dias
07 out
Próximo evento em
218 dias
21 out
Próximo evento em
232 dias
28 out
Próximo evento em
239 dias
R
GP da Arábia Saudita
03 dez
Próximo evento em
275 dias
R
GP de Abu Dhabi
12 dez
Próximo evento em
284 dias

Chefe da Ferrari reclama: “deixem-nos trabalhar em paz”

Após rumores envolvendo os dois pilotos e seu futuro à frente da escuderia, Maurizio Arrivabene se diz cansado

compartilhar
comentários
Chefe da Ferrari reclama: “deixem-nos trabalhar em paz”
Sebastian Vettel, Ferrari
Sebastian Vettel, Ferrari SF16-H
Maurizio Arrivabene, Ferrari Team Principal
Kimi Raikkonen, Ferrari signs autographs for the fans
Kimi Raikkonen, Ferrari SF16-H
Sebastian Vettel, Ferrari SF16-H
Sebastian Vettel, Ferrari SF16-H

O chefe da Ferrari, Maurizio Arrivabene, reclamou de parte da imprensa após sucessivos rumores sobre o futuro da equipe. Incomodado, o italiano pediu para que os jornalistas deixassem o time trabalhar em paz e se defendeu de críticas feitas supostamente por seus pilotos internamente.

"Seb (Vettel) nunca disse que não gostava da atmosfera na Ferrari”, falou.

“Ele confirmou muitas e muitas vezes que está confortável aqui. Dois meses atrás, todo mundo estava fazendo perguntas sobre Kimi Raikkonen e seu contrato.”

“Depois de Kimi, foi a minha vez. É todo dia, toda semana e nos próximos meses, porque (James) Allison vai tomar o meu lugar, se não estou errado.”

Sobre os boatos em relação ao engenheiro britânico, Arrivabene não tem mais com o que se preocupar, já que James Allison anunciou em comum acordo com a Ferrari que deixa seu cargo de diretor-técnico no time a partir desta quarta-feira por problemas pessoais.

"Aí nós confirmamos Kimi, e agora estão falando sobre Vettel, que ele está saindo”, prosseguiu Arrivabene.

“O mais provável é que eu vá para o lugar dele e ele vá para o meu. Por isso, deixem-nos trabalhar em paz, por favor." 

Renault diz ter encontrado melhor acerto para os carros

Artigo anterior

Renault diz ter encontrado melhor acerto para os carros

Próximo artigo

Sergio Pérez: “A F1 seguirá sendo perigosa com o Halo”

Sergio Pérez: “A F1 seguirá sendo perigosa com o Halo”
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1