Fórmula 1
11 jun
-
14 jun
Próximo evento em
73 dias
25 jun
-
28 jun
Próximo evento em
87 dias
R
GP da Áustria
02 jul
-
05 jul
Próximo evento em
94 dias
30 jul
-
02 ago
Próximo evento em
122 dias
R
GP da Bélgica
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
150 dias
03 set
-
06 set
Próximo evento em
157 dias
R
GP de Singapura
17 set
-
20 set
Próximo evento em
171 dias
24 set
-
27 set
Próximo evento em
178 dias
08 out
-
11 out
Próximo evento em
192 dias
R
GP dos Estados Unidos
22 out
-
25 out
Próximo evento em
206 dias
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
213 dias
12 nov
-
15 nov
Próximo evento em
227 dias
R
GP de Abu Dhabi
26 nov
-
29 nov
Próximo evento em
241 dias

Chefe da Force India diz que poderia ter deixado time em julho

compartilhar
comentários
Chefe da Force India diz que poderia ter deixado time em julho
Por:
19 de dez de 2018 16:42

Otmar Szafnauer diz que teve perseverança e que sempre confiou no futuro do time dentro da Fórmula 1

O chefe da equipe Racing Point, Otmar Szafnauer, recusou a chance de sair do time no verão, quando a Force India entrou em administração.

Szafnauer era diretor de operações da Force India, que entrou em colapso no começo do ano e foi reencarnada como uma nova empresa e entrada na F1, conhecida como Racing Point Force India.

A equipe "nova", pertencente a um consórcio liderado por Lawrence Stroll, nomeou Szafnauer como diretor e diretor executivo. No entanto, ele teve a oportunidade de sair durante o período de incerteza em que o futuro da equipe era desconhecido.

"Eu tive outras oportunidades, mas é difícil para mim dizer 'fiquem juntos' e aí eu sair", disse Szafnauer ao Motorsport.com.

"Seria muito hipócrita fazer isso. Nunca pensei em ir a outro lugar a menos que isso, com certeza, não fosse avançar. Eu prefiro ser conhecido como o Capitão Sully [Chesley Sullenberger] no vôo que pousou no rio Hudson, em vez do cara [Francesco Schettino] que estava no Costa Concordia que virou e ele foi o primeiro a sair do navio.”

"Eu não gosto disso, foi melhor ficar com eles. No final, foi a decisão certa."

A Force India entrou em administração no final de julho, com a salvação da equipe vindo por um consórcio liderado por Stroll confirmado pouco mais de uma semana depois.

Szafnauer disse que o desafio de manter a equipe unida "não foi insignificante" durante este tempo, com o diretor técnico Andy Green tendo sido abordado pela concorrência.

"Com a incerteza e as pessoas em jogo, eles precisam decidir o que é melhor para eles", disse ele.

"Não sabendo e com boas ofertas na mesa de outras equipes, foi difícil, com certeza.”

"Mas se as pessoas acreditam em você como um líder e você foi honesto com elas durante todo o período em que trabalhou com elas, elas tendem a acreditar em você mesmo em situações difíceis.”

"Eu vi o futuro sendo melhor do que o passado. Eu disse: 'fique conosco durante este período de incerteza, período de administração, será melhor do outro lado'.”

"Todos levaram isso a sério e disseram: 'é isso que vamos fazer'. Acho que não perdemos ninguém. Perdemos um ou dois, mas isso foi antes da administração. Eles agora voltaram. Isso foi um resultado."

Lance Stroll, Racing Point Force India VJM11

Lance Stroll, Racing Point Force India VJM11

Photo by: Zak Mauger / LAT Images

Próximo artigo
Brawn crê que Leclerc não será tão "acomodado" quanto Raikkonen

Artigo anterior

Brawn crê que Leclerc não será tão "acomodado" quanto Raikkonen

Próximo artigo

McLaren diz que Renault está satisfeita com progresso de motor para 2019

McLaren diz que Renault está satisfeita com progresso de motor para 2019
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Equipes Racing Point Force India
Autor Scott Mitchell