Chefe da Sauber condena comportamento de Nasr e Ericsson

Monisha Kaltenborn definiu comportamento de Felipe Nasr e Marcus Ericsson no GP de Mônaco como "inaceitável"

Chefe da Sauber condena comportamento de Nasr e Ericsson
Marcus Ericsson, Sauber F1 Team
Marcus Ericsson, Sauber C35 leads Felipe Nasr, Sauber C35
Marcus Ericsson, Sauber C35
Marcus Ericsson, Sauber C35
Felipe Nasr, Sauber F1 Team C35 and Daniil Kvyat, Scuderia Toro Rosso STR11
Felipe Nasr, Sauber C35 leads team mate Marcus Ericsson, Sauber C35
Carregar reprodutor de áudio

Marcus Ericsson e Felipe Nasr se chocaram no GP de Mônaco após o sueco mergulhar na Rascasse na volta 48. O incidente acarretou no abandono de ambos.

Antes, porém, foi pedido ao brasileiro que deixasse Ericsson passar, solicitação essa que foi ignorada pelo brasileiro. O companheiro de equipe de Nasr afirmou após a prova que a equipe havia lhe dito para "ir para cima".

A chefe da Sauber, Monisha Kaltenborn, no entanto, deixou claro que era responsabilidade dos pilotos era de chegar ao final da corrida e criticou os dois.

"Foi um comportamento inaceitável de ambos os pilotos", disse Kaltenborn. "Hoje o trabalho de toda a equipe terminou em um acidente."

"Marcus e Felipe sabem quanto trabalho é realizado a cada fim de semana. Eles têm a responsabilidade de terminar as corridas."

"Depois de avaliar toda a situação naquele momento, seria importante ter o carro mais rápido na parte da frente do pelotão. Nossa decisão foi baseada nos dados de ambos os carros."

"Depois disso, nós esclarecemos a situação internamente e os pilotos estão cientes de suas responsabilidades. Tal incidente não vai acontecer novamente."

O incidente rendeu a Ericsson uma punição de três lugares no grid para a próxima corrida, no Canadá.

compartilhar
comentários
Red Bull revela problema que fez Ricciardo perder GP
Artigo anterior

Red Bull revela problema que fez Ricciardo perder GP

Próximo artigo

Veja as celebridades presentes no GP de Mônaco e na Indy 500

Veja as celebridades presentes no GP de Mônaco e na Indy 500
Carregar comentários