Fórmula 1
29 ago
-
01 set
Evento encerrado
05 set
-
08 set
Evento encerrado
19 set
-
22 set
Evento encerrado
26 set
-
29 set
Evento encerrado
10 out
-
13 out
Evento encerrado
31 out
-
03 nov
Próximo evento em
13 dias
14 nov
-
17 nov
R
GP de Abu Dhabi
28 nov
-
01 dez
Próximo evento em
41 dias

Com saída de Alonso, recorde de GPs continua com Barrichello

compartilhar
comentários
Com saída de Alonso, recorde de GPs continua com Barrichello
14 de ago de 2018 16:50

Piloto espanhol se tornará o segundo que mais competiu na F1 ao final da temporada de 2018 do mundial, mas só ano extra tiraria recorde de brasileiro

A saída de Fernando Alonso da Fórmula 1 – mesmo que podendo ser revertida – fará o brasileiro Rubens Barrichello continuar a ter o recorde histórico do maior número de participações na história do campeonato mundial.

Rubinho, com 326 corridas, seria alcançado por Alonso na próxima temporada se o espanhol seguisse competindo na Fórmula 1. No entanto, com sua saída ao fim deste ano, o espanhol conseguirá apenas chegar ao segundo lugar nesta estatística.

Com 305 participações até aqui, Fernando igualará as 308 participações de Michael Schumacher em Cingapura e as 309 de Jenson Button no GP da Rússia.

No caso de Alonso retornar para a Fórmula 1 para uma temporada completa, o recorde de Barrichello seria igualado em sua 12ª corrida.

Barrichello, atualmente na Stock Car, correu entre 1993 e 2011, igualando o antigo recorde de participações do italiano Ricciardo Patrese, com 257 provas, no GP da Turquia de 2008.

Confira os dez pilotos com mais participações na F1:

  Piloto Anos em atividade Participações
1 Rubens Barrichello 1993-2011 326
2 Jenson Button 2000-2017 309
3 Michael Schumacher 1991-2006/2010-2012 308
4 Fernando Alonso 2001/2003- 305 (314 ao fim de 2018)
5 Kimi Raikkonen 2001-2009/2012- 285
6 Felipe Massa 2002/2004-2017 272
7 Riccardo Patrese 1977-1993 257
8 Jarno Trulli 1997-2011 256
9 David Coulthard 1994-2008 247
10 Giancarlo Fisichella 1996-2009 231
Próximo artigo
Alonso sugere que pode voltar à F1 após 2019

Artigo anterior

Alonso sugere que pode voltar à F1 após 2019

Próximo artigo

Mundo da velocidade reage ao anúncio de Alonso

Mundo da velocidade reage ao anúncio de Alonso
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1