Delatada por rival, Ferrari é inocentada por mensagem a Vettel

Código enviado a piloto alemão foi alvo de investigação no GP da Austrália

Delatada por rival, Ferrari é inocentada por mensagem a Vettel

A Ferrari foi inocentada de usar uma mensagem codificada ilegal durante o Grande Prêmio da Austrália, depois de uma queixa feita por uma equipe rival não revelada.

Como parte da restrição da FIA sobre a comunicação equipe/piloto, diretrizes rígidas foram estabelecidas sobre o que pode e não pode ser dito. Mensagens codificadas para contornar o problema também foram proibidas.

Mas no Bahrein, na semana passada, uma das equipes rivais da Ferrari apresentou à FIA uma fotografia de pitboard de Sebastian Vettel da corrida de Melbourne, que mostrava: "- 3.2, LFS6 P1."

Não está claro sobre o que a mensagem estava se referindo, mas há uma definição no volante de Vettel que podem ser selecionada como 'FS6'.

Em teoria, instruir o piloto para alterar as configurações em seu carro não é permitido.

No entanto, na sequência de uma explicação do que aconteceu - e o fato de que era a primeira corrida operando nos novos limites - não havia base para a FIA tomar qualquer ação.

O Motorsport.com entende que Vettel teve um problema com o seu dashboard no momento e, à luz das circunstâncias da corrida, a Ferrari buscou a permissão da FIA para usar o pitboard e transmitir informações ao seu piloto.

O corpo diretivo foi, portanto, avisado sobre o que a equipe estava fazendo.

Steering wheel of Sebastian Vettel, Ferrari SF16-H

Volante de Sebastian Vettel, Ferrari SF16-H

Photo by: Ferrari

 

Reportagem adicional de Jonathan Noble

compartilhar
comentários
Ferrari se surpreende com motivo de pane do motor de Vettel
Artigo anterior

Ferrari se surpreende com motivo de pane do motor de Vettel

Próximo artigo

Equipes se unem por classificação de 2015 e pressionam FIA

Equipes se unem por classificação de 2015 e pressionam FIA
Carregar comentários