Fórmula 1
25 jun
-
28 jun
Próximo evento em
76 dias
R
GP da Áustria
02 jul
-
05 jul
Próximo evento em
83 dias
30 jul
-
02 ago
Próximo evento em
111 dias
R
GP da Bélgica
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
139 dias
03 set
-
06 set
Próximo evento em
146 dias
R
GP de Singapura
17 set
-
20 set
Próximo evento em
160 dias
24 set
-
27 set
Próximo evento em
167 dias
08 out
-
11 out
Próximo evento em
181 dias
R
GP dos Estados Unidos
22 out
-
25 out
Próximo evento em
195 dias
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
202 dias
12 nov
-
15 nov
Próximo evento em
216 dias
R
GP de Abu Dhabi
26 nov
-
29 nov
Próximo evento em
230 dias

Dirigente diz que quer deixar Monza ainda mais veloz

compartilhar
comentários
Dirigente diz que quer deixar Monza ainda mais veloz
Por:
13 de dez de 2018 17:51

Presidente de organização responsável pelo circuito tem intenção de tirar uma das chicanes, alargar pista e deixar segunda Curva di Lesmo mais rápida

Autodromo Nazionale Monza logo
Angelo Sticchi Damiani, Presidente dell'ACI, nella conferenza stampa
Vista del circuito
Sergey Sirotkin, Williams FW41
Charles Leclerc, Sauber C37, Pierre Gasly, Scuderia Toro Rosso STR13, Daniel Ricciardo, Red Bull Racing RB14 and Sebastian Vettel, Ferrari SF71H battle

Monza diz ter intenção de remover uma das três chicanes de seu traçado e restaurar o desenho original da segunda curva de Lesmo para reforçar seu papel como "Templo da Velocidade". A intenção é uma volta às raízes a tempo para o GP que marca o centenário do Autódromo Nazionale di Monza, que será celebrado em 2022.

A implementação do projeto requer um investimento de cerca de 100 milhões de euros, o que modernizaria o autódromo para fazê-lo entrar nos padrões internacionais dos circuitos mais modernos do mundo.

A ideia foi explicada pelo presidente da ACI Itália, Angelo Sticchi Damiani, à TV britânica BBC. O plano é muito ambicioso porque também incluiria o alargamento da pista em 12 metros e a construção de novas passagens inferiores para o acesso ao paddock e a reconstrução de pelo menos a arquibancada central, bem como pensar na reutilização do anel de alta velocidade.

A sensação é que Angelo Sticchi Damiani quer medir o comprometimento dos parceiros de Monza, já que falta dinheiro para financiar a obra.

Monza é uma corrida que é considerada entre as "indispensáveis" do calendário, possuindo um valor histórico reconhecido.

A Liberty estaria disposta a manter o GP da Itália da maneira como o circuito se encontra atualmente, mas se a SIAS – empresa de gestão controlada pela ACI – quiser rediscutir o acordo do GP da Itália, uma reestruturação da pista ajudaria a encontrar oportunidades de negócios.

Próximo artigo
Vettel: Carro elétrico possui a tecnologia equivocada

Artigo anterior

Vettel: Carro elétrico possui a tecnologia equivocada

Próximo artigo

Norris estabelece meta "irreal" para sua estreia em 2019

Norris estabelece meta "irreal" para sua estreia em 2019
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Localização Autodromo Nazionale Monza
Autor Franco Nugnes