Elkann acredita que Ferrari precisa ter humildade para "recomeçar"

Presidente da Ferrari, John Elkann, demonstrou insatisfação diante da realidade "dolorosa" que a equipe enfrentou em 2020

Elkann acredita que Ferrari precisa ter humildade para "recomeçar"

O presidente da Ferrari John Elkann fez um balanço da situação da equipe italiana em 2020, que terminou o campeonato de construtores da Fórmula 1 na sexta colocacão. Elkann destacou a realidade difícil que a Ferrari vem enfrentando e acredita que a Scuderia deva ter humildade para recomeçar.

“Não estamos satisfeitos com nossos resultados atuais na F1. Temos que partir dessa dolorosa realidade tanto para nós mesmos quanto para nossos fãs, focando em nossas prioridades para voltarmos competitivos e vencer. Um grande passado não significa necessariamente um grande presente e um grande futuro. Temos que recomeçar com humildade”, disse.

A escolha do novo CEO ocorrerá sem pressa

Nas últimas semanas, Elkann passou muito tempo em Maranello conversando muito com os membros da Scuderia. Na agenda do presidente da Ferrari está também a escolha de um candidato para se tornar o novo CEO da companhia, cargo que ficou vago após a saída de Louis Camilleri.

“Vamos dedicar algum tempo para encontrar o melhor CEO possível para liderar esta empresa”, afirmou.

Elkann confirmou ainda que um comitê foi nomeado para encontrar o sucessor de Camilleri. “A paixão de Louis pela Ferrari é ilimitada, ele construiu uma equipe de gestão que continuará a levar nossa empresa a resultados excepcionais. É por isso que sou grato a ele e a todos os nossos colegas da Ferrari ”.

compartilhar
comentários
Inimigos políticos se juntam para abrir CPI sobre GP do Brasil em São Paulo

Artigo anterior

Inimigos políticos se juntam para abrir CPI sobre GP do Brasil em São Paulo

Próximo artigo

F1: Hamilton e Mercedes já acertaram duração do novo contrato

F1: Hamilton e Mercedes já acertaram duração do novo contrato
Carregar comentários