Em atuação de gala, Verstappen exalta “corrida incrível”

Piloto holandês diz que usava linhas diferentes dos outros pilotos apenas para fugir do spray d’água

Em atuação de gala, Verstappen exalta “corrida incrível”
Podium: race winner Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1, third place Max Verstappen, Red Bull Racing
Max Verstappen, Red Bull Racing RB12 celebrates finishing in third position in parc ferme
Podium: third place Max Verstappen, Red Bull Racing
Max Verstappen, Red Bull Racing RB12 celebrates finishing in third position in parc ferme
Podium: third place Max Verstappen, Red Bull Racing
Max Verstappen, Red Bull Racing RB12 celebrates finishing in third position in parc ferme
Carregar reprodutor de áudio

Se Lewis Hamilton foi o vencedor, Max Verstappen foi o piloto que conquistou a torcida neste domingo (13) em Interlagos. O holandês da Red Bull fazia grande corrida e ocupava o segundo lugar quando acabou tendo que parar nos boxes. Sua equipe havia feito a estratégia errada, o fazendo trocar os pneus de chuva pelos intermediários.

Com a volta da chuva, ele acabou tendo que retornar para o composto antigo, indo parar na 14ª posição. Porém, sem tomar conhecimento da concorrência, ele conseguiu boa recuperação e, a duas voltas do fim, passou Sergio Perez pelo terceiro lugar.

Depois da prova, Max comemorou o resultado.

“Foi uma corrida incrível, com as bandeiras vermelhas e as condições difíceis, principalmente na parte final da pista”, falou.

“Decidimos parar para colocar pneus intermediários, mas não deu certo porque começou a chover. Paramos de novo, voltei em 14º, fiz ultrapassagens e retornei ao pódio. Foi incrível.”

Questionado sobre as linhas diferentes que fazia na pista para passar os outros carros, Max disse apenas que ia para fora para fugir do spray. “Eu não conseguia ver enquanto estava atrás deles, então peguei outra linha.”

Mesmo controlando uma grande derrapada durante o início da corrida, Max crê que não conseguiria salvar seu carro se não contasse com a sorte. Perguntado se foi habilidade ou sorte que o fez não bater, ele respondeu: “50/50 eu acho”.

“A pista estava muito escorregadia. Na última relargada consegui ultrapassar Nico, e estava em uma posição confortável, mas acabei errando. Eu acabei travando as quatro rodas, corrigi o carro, me mantive longe do guard-rail e continuei em segundo.” 

compartilhar
comentários
Em vitória “fácil”, Hamilton avisa Rosberg: “estou caçando”
Artigo anterior

Em vitória “fácil”, Hamilton avisa Rosberg: “estou caçando”

Próximo artigo

Rosberg: “posso viver com esta segunda posição”

Rosberg: “posso viver com esta segunda posição”
Carregar comentários