Em dia difícil, McLaren coleta dados de novas peças em Barcelona

Button e Pérez admitem que esperavam dia mais proveitoso em relação a desempenho, mas continuam focados em desenvolvimento

Em dia difícil, McLaren coleta dados de novas peças em Barcelona
Carregar reprodutor de áudio
Sergio Pérez foi 13º nas duas sessões

A McLaren não conseguiu chegar onde gostaria nesta sexta-feira. Pelo menos é o que deram a entender seus pilotos após os treinos de hoje. Jenson Button foi o 12º à tarde após não ter fechado nenhuma volta em pista molhada esta manhã. Já Pérez,  foi o 13º à tarde, repetindo o mesmo resultado que teve pela manhã.

“Assim como em qualquer teste com avanços aerodinâmicas, há pontos positivos e negativos de se levar”, falou Button.

“Há uma correlação muito melhor no entendimento do que vemos na pista e no que vimos no túnel de vento. Isso é positivo, mas queremos mais. Acho que avançamos, mas acredito que os outros também tenham avançado. A chuva nesta manhã nos limitou em termos de voltas.”

Mesmo assim, o campeão de 2009 tem esperanças. “Temos de nos focar em algumas áreas, mas tomara que consigamos melhorar o carro para amanhã”.

Sergio Pérez foi um pouco mais pessimista e destacou dados obtidos após a sessão da tarde. “Possivelmente não foi o dia que nós queríamos”, admitiu.

“Mas conseguimos muitos dados para os engenheiros, o que é positivo. É difícil tirar uma conclusão clara de hoje, mas o principal ponto positivo que tiramos são os dados do nosso software de simulação.”

“Melhoramos um pouco. Assim que entendermos melhor a correlação, conseguiremos dar passos maiores. Nas próximas corridas espero que consigamos progredir mais”, finalizou o mexicano.

compartilhar
comentários
Sem oba-oba, Alonso vê Ferrari em grupo de quatro carros
Artigo anterior

Sem oba-oba, Alonso vê Ferrari em grupo de quatro carros

Próximo artigo

Pirelli estudará incidente com Di Resta no fim da segunda sessão

Pirelli estudará incidente com Di Resta no fim da segunda sessão
Carregar comentários