Fórmula 1
19 mar
-
22 mar
Próximo evento em
24 dias
02 abr
-
05 abr
Próximo evento em
38 dias
30 abr
-
03 mai
Próximo evento em
66 dias
07 mai
-
10 mai
Próximo evento em
73 dias
21 mai
-
24 mai
Próximo evento em
87 dias
R
GP do Azerbaijão
04 jun
-
07 jun
Próximo evento em
101 dias
11 jun
-
14 jun
Próximo evento em
108 dias
25 jun
-
28 jun
Próximo evento em
122 dias
R
GP da Áustria
02 jul
-
05 jul
Próximo evento em
129 dias
R
GP da Grã-Bretanha
16 jul
-
19 jul
Próximo evento em
143 dias
30 jul
-
02 ago
Próximo evento em
157 dias
R
GP da Bélgica
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
185 dias
03 set
-
06 set
Próximo evento em
192 dias
R
GP de Singapura
17 set
-
20 set
Próximo evento em
206 dias
24 set
-
27 set
Próximo evento em
213 dias
08 out
-
11 out
Próximo evento em
227 dias
R
GP dos Estados Unidos
22 out
-
25 out
Próximo evento em
241 dias
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
248 dias
12 nov
-
15 nov
Próximo evento em
262 dias
R
GP de Abu Dhabi
26 nov
-
29 nov
Próximo evento em
276 dias

Empresa revela capacete reforçado para a F1 em 2019

compartilhar
comentários
Empresa revela capacete reforçado para a F1 em 2019
Por:
30 de ago de 2018 20:38

O primeiro capacete pronto para competir que segue o conceito de balística obrigatório para a F1 em 2019 foi revelado pela empresa italiana Stilo.

O novo design, que é resultado de quase uma década de pesquisa da FIA desde o acidente de Felipe Massa, na Hungria, em 2009, deve ajudar na proteção de cabeça para os pilotos.

O capacete tem a atual película de zylon que protege a testa substituída por uma peça integrada dentro do casco, o que faz com que a viseira fique 10mm mais baixa do que se vê atualmente.

Esses novos e reforçados itens aumentarão a absorção de energia em 25% e foram testados para suportar um projétil de 225g a 250 km/h. O capacete também passou por diversos testes balísticos militares.

Como a primeira versão do capacete da Stilo foi recentemente concluído, foi feito um teste de visibilidade com Valtteri Bottas no primeiro treino livre para o GP da Bélgica.

Em Monza, será a vez de Lance Stroll, embora o teste possa ser atrasado caso haja mau tempo na sexta-feira, devido às diferentes viseiras exigidas para cada situação.

Bottas disse que era importante que a tecnologia de capacetes continuasse evoluindo, já que a F1 se concentra majoritariamente em melhorias nos carros, como aconteceu com o halo.

“O halo foi uma proteção muito boa em Spa para Charles [Leclerc], mas ainda pode haver casos em que as pedaços atingem bastante”, disse Bottas.

“Quanto mais forte o capacete for, sempre é melhor. O regulamento para capacetes ficaram estagnados por muitos anos.”

“Eles querem mais segurança e precisam aguentar impactos maiores do que antes. É muito importante que os capacetes continuem se desenvolvendo. Sempre há margem para melhorar.”

Gerente geral da Stilo, Guglielmo Belotti disse que sua empresa conseguiu produzir o capacete com as restritas homologações sem que houvesse ganho de peso, e Bottas não reportou problemas de visibilidade.

“O retorno foi absolutamente idêntico ao do antigo”, disse, ao Motorsport.com.

“O importante é que, mesmo que isso seja mais seguro que a especificação anterior, pudemos conseguir o resultado sem que houvesse ganho de peso. Então, o atual capacete é o mais leve da F1, e esse, em condições de corrida, é idêntico.”

Stilo ST5 Zero helmet

Stilo ST5 Zero helmet

Photo by: Uncredited

Próximo artigo
Vettel minimiza domínio em Spa e fala de corrida “especial” em Monza

Artigo anterior

Vettel minimiza domínio em Spa e fala de corrida “especial” em Monza

Próximo artigo

Ricciardo esperava mais desconforto com Red Bull após anúncio

Ricciardo esperava mais desconforto com Red Bull após anúncio
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Sub-evento Presentazione
Autor Filip Cleeren