Fórmula 1
25 mar
Próximo evento em
66 dias
06 mai
Próximo evento em
108 dias
20 mai
Próximo evento em
122 dias
R
GP do Azerbaijão
03 jun
Próximo evento em
136 dias
10 jun
Próximo evento em
143 dias
24 jun
Próximo evento em
157 dias
R
GP da Áustria
01 jul
Próximo evento em
164 dias
R
GP da Grã-Bretanha
15 jul
Próximo evento em
178 dias
29 jul
Próximo evento em
192 dias
R
GP da Bélgica
26 ago
Próximo evento em
220 dias
02 set
Próximo evento em
227 dias
09 set
Próximo evento em
234 dias
23 set
Próximo evento em
248 dias
R
GP de Singapura
30 set
Próximo evento em
255 dias
07 out
Próximo evento em
262 dias
21 out
Próximo evento em
276 dias
28 out
Próximo evento em
283 dias
05 nov
Próximo evento em
291 dias
R
GP da Austrália
18 nov
Próximo evento em
304 dias
R
GP da Arábia Saudita
03 dez
Próximo evento em
319 dias
R
GP de Abu Dhabi
12 dez
Próximo evento em
328 dias

Engenheira que representou Mercedes do GP da Estíria é a nona mulher a subir no pódio da F1; veja lista completa

compartilhar
comentários
Engenheira que representou Mercedes do GP da Estíria é a nona mulher a subir no pódio da F1; veja lista completa

Stephanie Travers, engenheira de combustíveis da Petronas, subiu ao pódio após vitória de Hamilton no GP da Estíria

No domingo, o GP da Estíria de Fórmula 1 foi marcado por um domínio de Lewis Hamilton e da Mercedes e, para o pódio, a montadora enviou como representante para receber o troféu de construtores a engenheira de combustíveis da Petronas, Stephanie Travers

Travers, que é responsável pelo controle de qualidade dos combustíveis e lubrificantes usados pela equipe ao longo do final de semana, chamou a atenção pelo fato de ter sido a primeira mulher negra a subir no pódio da F1.

Leia também:

Porém, em mais de mil etapas já realizadas na F1, a presença feminina no pódio é muito reduzida. Até hoje, elas estiveram presentes apenas como representantes das equipes para recolher o troféu de construtores da etapa e, mesmo assim, representam menos de 1% do total de aparições.

Essa trajetória feminina, porém, começou há 34 anos, como uma forma de homenagem a Sir Frank Williams, que se encontrava internado após o acidente que o deixou tetraplégico. Desde então, apenas outras oito mulheres receberam tal distinção. Veja a lista completa na galeria abaixo.

Virginia "Ginny" Williams - GP da Grã-Bretanha, 1986

Virginia "Ginny" Williams - GP da Grã-Bretanha, 1986
1/9

Foto de: David Phipps

A primeira mulher a subir no pódio da F1 foi a esposa de Frank Williams e mãe de Claire. Ela foi receber o troféu de construtores pela equipe no GP da Grã-Bretanha, em Brands Hatch em 1986. Ela foi a representante porque Frank ainda estava internado após o acidente que o deixou tetraplégico.

Gill Jones - GP do Bahrein de 2013

Gill Jones - GP do Bahrein de 2013
2/9

Foto de: Sutton Motorsport Images

Passaram-se 27 anos antes que uma mulher voltasse a subir no pódio receber um troféu de construtores. O feito ficou com Gill Jones, chefe de operações eletrônicas da Red Bull, que representou a equipe no GP do Bahrein de 2013, após a vitória de Sebastian Vettel.

Kim Stevens - GP de Abu Dhabi de 2015

Kim Stevens - GP de Abu Dhabi de 2015
3/9

Foto de: XPB Images

Desde 2015, a presença de mulheres tem sido mais constante devido à Mercedes. Tudo começou no final da temporada daquele ano, quando a americana Kim Stevens, engenheira de aerodinâmica da montadora alemã, subiu ao pódio representando a equipe no GP de Abu Dhabi

Victoria Vowles - GP dos Estados Unidos de 2016

Victoria Vowles - GP dos Estados Unidos de 2016
4/9

Foto de: Pirelli

Menos de um ano depois, a Mercedes escolheu Victoria Vowles, diretora de serviços a parceiros da equipe, membro da área de marketing, como representante para recolher o troféu de construtores no GP dos Estados Unidos, após uma dobradinha da equipe, com Hamilton na frente

Marga Torres - GP do Canadá de 2019

Marga Torres - GP do Canadá de 2019
5/9

Foto de: Glenn Dunbar / Motorsport Images

Infelizmente, passaram-se quase três anos para que uma mulher voltasse a subir no pódio da F1. E foi a própria Mercedes que quebrou esse período, ao enviar a engenheira de motor do carro de Lewis Hamilton, Marga Torres, para receber o troféu após a polêmica vitória do hexacampeão no GP do Canadá de 2019, marcada pela punição a Sebastian Vettel

Hannah Schmitz - GP do Brasil de 2019

Hannah Schmitz - GP do Brasil de 2019
6/9

Foto de: Mark Sutton / Motorsport Images

A partir do GP do Brasil do ano passado, as mulheres se tornaram presença constante nos pódios, estando presentes nas quatro corridas realizadas desde então. Quem abriu essa sequência foi a inglesa Hannah Schmitz, que atua como estrategista-sênior da Red Bull. Ela subiu ao pódio no GP do Brasil após a vitória de Max Verstappen

Britta Seeger - GP de Abu Dhabi de 2019

Britta Seeger - GP de Abu Dhabi de 2019
7/9

Foto de: Zak Mauger / Motorsport Images

Na etapa final da temporada 2019, Britta Seeger, membro da diretoria de vendas e marketing da montadora e da equipe de F1 foi receber o troféu de construtores no GP de Abu Dhabi após a vitória de Lewis Hamilton

Holly Chapman - GP da Áustria de 2020

Holly Chapman - GP da Áustria de 2020
8/9

Foto de: Steve Etherington / Motorsport Images

Nas duas vitórias da Mercedes até o momento, a equipe enviou apenas mulheres para receber os troféus de construtores. No GP da Áustria, que abriu a temporada com a vitória de Valtteri Bottas, a representante da equipe foi a engenheira responsável pelo motor do finlandês, Holly Chapman

Stephanie Travers - GP da Estíria de 2020

Stephanie Travers - GP da Estíria de 2020
9/9

Foto de: Mark Sutton / Motorsport Images

Na primeira vitória de Lewis Hamilton na temporada, a Mercedes enviou Stephanie Travers, engenheira de combustíveis da Petronas para receber o troféu. Stephanie, que é responsável pelo controle de qualidade dos combustíveis usados pela equipe em um final de semana, é também a primeira negra a subir no pódio da F1. Depois da cerimônia, ela disse que estava "muito feliz, porque era uma oportunidade única na vida"

RETA FINAL: Guerra entre Racing Point e Renault, Bottas renovado e participação de Igor Fraga

PODCAST Motorsport.com recebe Felipe Drugovich e fala da abertura da F1 2020

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Barrichello sobre polêmica da F1: "Mercedes não daria a cara a tapa pela Racing Point"

Artigo anterior

Barrichello sobre polêmica da F1: "Mercedes não daria a cara a tapa pela Racing Point"

Próximo artigo

F1 2020: Veja todos os horários do GP da Hungria neste fim de semana

F1 2020: Veja todos os horários do GP da Hungria neste fim de semana
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1