F1: Alonso faz primeira aparição como piloto da Renault em fábrica

compartilhar
comentários
F1: Alonso faz primeira aparição como piloto da Renault em fábrica
Por:

Piloto espanhol iniciou de maneira oficial sua terceira passagem pela equipe, após primeira visita à fábrica de Enstone

A Renault tuitou uma imagem de Alonso, vestindo roupas da equipe pela primeira vez desde que foi anunciado para 2021, após uma ausência de duas temporadas na F1. Ele foi fotografado com o engenheiro chefe de corridas, Ciaron Pilbeam.

 

O próprio Alonso tuitou: "Uma emoção incrível voltar à fábrica. Vim para a Renault em 2002, quando tinha 21 anos, conheço cada canto deste lugar, cada corredor, cada porta... Tem sido um dia muito especial."

Leia também:

No início deste mês, revelamos que a Renault está em negociações com a FIA para ver se consegue permissão para comandar Alonso no teste de pós-temporada em Abu Dhabi. Em entrevista exclusiva ao Motorsport.com, o chefe da equipe, Cyril Abiteboul, disse que as recentes melhorias na competitividade, combinadas com a fome de Alonso, aumentaram o desejo da equipe de colocá-lo em seu carro atual.

“No início, era muito mais sobre o futuro - vamos falar de 2022, vamos dar duro em 2022 e esquecer 2021 e cancelar 2021”, disse Abiteboul. “Mas como ele vê que estamos começando a ter batalhas interessantes no caminho, sabe, esse é o Fernando, ele quer dar o sangue de forma positiva.”

“Mas ele quer ver se há algo que ele possa compreender. Ele vê que são oportunidades genuínas, às vezes que temos este ano de acordo com a pista e a competitividade do carro, e provavelmente mais para o próximo ano.”

Alonso venceu duas vezes o Campeonato Mundial de Fórmula 1 com a Renault em 2005 e 2006, retornando para mais duas temporadas em 2008 e 2009, vencendo 17 corridas no total com a equipe.

A Renault está planejando o teste de pós-temporada em Abu Dhabi para o retorno de Alonso ao cockpit, que nos anos anteriores durou três dias e foi usado como uma combinação de práticas para jovens pilotos e testes de pneus para a temporada seguinte.

No entanto, com os pneus Pirelli praticamente inalterados para o próximo ano, as equipes concordaram que a sessão em Yas Marina seria reduzida para um único dia e deverá ser apenas para jovens pilotos.

Os regulamentos determinam que as equipes podem utilizar dois carros durante o dia, e uma cláusula estabelece quais os pilotos são elegíveis para o teste: “a menos que aprovado de outra forma pela FIA, aqueles que não competiram em mais de duas corridas do Campeonato Mundial de F1 durante sua carreira.”

Isso significa que a Renault precisa obter permissão do órgão para deixá-lo entrar ou para alterar o formato do teste.

Questionado se o teste de pós-temporada de Abu Dhabi seria a melhor chance de Alonso, Abiteboul disse: “Sim, com certeza. Precisamos ver se isso pode acontecer com base nos critérios de teste. Portanto, estamos conversando com a FIA sobre isso.”

Renault R.S.20

(Temporada 2020)

Motor: Renault

Combustível: BP Ultimate

Pneus: Pirelli

Pilotos:

3 – Daniel Ricciardo

31 – Esteban Ocon

Vettel deu vexame na Ferrari? Alemão foi pior que Alonso na escuderia?

PODCAST: Após 'comemorar' GP 1000, qual é o tamanho da crise da Ferrari?

 

F1: Equipe da Netflix acompanhará busca de Hamilton para igualar vitórias de Schumacher em Sochi

Artigo anterior

F1: Equipe da Netflix acompanhará busca de Hamilton para igualar vitórias de Schumacher em Sochi

Próximo artigo

RETA FINAL: Hamilton na RBR? Wolff fora da Mercedes? A ‘metralhadora’ de Jordan e mais da F1 com Alonso e cia

RETA FINAL: Hamilton na RBR? Wolff fora da Mercedes? A ‘metralhadora’ de Jordan e mais da F1 com Alonso e cia
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Charles Bradley