F1 anuncia cancelamento de GP da Turquia e segunda prova na Áustria

Outra mudança no calendário foi a antecipação do GP da França de 27 para o dia 20 de junho

F1 anuncia cancelamento de GP da Turquia e segunda prova na Áustria

A Fórmula 1 terá duas corridas na Áustria novamente em 2021, substituindo o GP da Turquia que foi cancelado. Apenas algumas semanas após o evento em Istambul ter sido anunciado como substituto do Canadá, os chefes da F1 tiveram que mudar os planos novamente.

O destino da corrida turca foi posto em dúvida quando o governo britânico acrescentou a Turquia a uma lista de países da zona vermelha, que exigia que todos os repatriados enfrentassem duas semanas de quarentena em hotéis.

Leia também:

Com a maioria das equipes de F1 sediadas no Reino Unido e sem isenção para o pessoal da F1, a exigência do hotel significava que não era realista para o evento prosseguir.

Em um comunicado divulgado nesta sexta-feira, a F1 confirmou que os planos da Turquia estavam sendo abandonados e que haveria uma mudança no calendário para permitir corridas consecutivas na Áustria.

O GP da França agora será antecipado para 20 de junho, e as corridas na Áustria acontecerão nos dias 27 de junho e 4 de julho.

O primeiro evento no Red Bull Ring será chamado de GPda Estíria, com o GP da Áustria mantendo esse título no fim de semana seguinte.

O CEO da F1, Stefano Domenicali, disse: “Estávamos todos ansiosos para correr na Turquia, mas as restrições de viagem em vigor impediram que pudéssemos estar lá em junho.”

“A Fórmula 1 mostrou mais uma vez que é capaz de reagir rapidamente aos desenvolvimentos e encontrar soluções e estamos muito satisfeitos por ter uma cabeçada dupla na Áustria, o que significa que a nossa temporada continua com 23 corridas.”

“Quero agradecer ao promotor e às autoridades da Turquia por todos os seus esforços nas últimas semanas e quero agradecer aos promotores da França e da Áustria por sua rapidez, flexibilidade e entusiasmo em acomodar esta solução. Tivemos conversas muito boas com todos os outros promotores desde o início do ano e continuamos a trabalhar de perto com eles durante este período”.

A mudança no calendário significa que os GPs da França, Estíria e Áustria sejam em fins de semana seguidos.

O promotor do GP da França, Eric Boullier, pediu desculpas aos fãs por quaisquer problemas causados pela mudança tardia da data de seu evento, mas está confiante de um fim de semana de sucesso.

“Esta mudança de data não enfraqueceu a nossa paixão e a nossa razão de ser: oferecer ao nosso público o melhor evento possível”, afirmou.

"Entendemos que esta modificação tem um impacto no atendimento de nossos espectadores e parceiros e pedimos desculpas por isso. Nossas equipes já estão trabalhando ativamente para garantir que o restante da programação do evento permaneça inalterado."

A Turquia pediu que sua corrida fosse considerada para uma vaga no final da temporada, com a China também em espera, depois que seu GP foi adiado no início deste ano.

F1: TRETA de MERCEDES e RED BULL ganha novo capítulo após BRONCA de Hamilton; entenda ASA FLEXÍVEL

PODCAST: Mercedes X Red Bull já pode ser considerada uma das maiores rivalidades da F1?

 

compartilhar
comentários
F1: Mercedes revela que Verstappen não é a única opção como sucessor de Hamilton

Artigo anterior

F1: Mercedes revela que Verstappen não é a única opção como sucessor de Hamilton

Próximo artigo

F1: Baku tem interesse de receber corridas sprint no futuro

F1: Baku tem interesse de receber corridas sprint no futuro
Carregar comentários