Fórmula 1
24 out
-
27 out
Evento encerrado
01 nov
-
03 nov
Evento encerrado
14 nov
-
17 nov
Evento encerrado
28 nov
-
01 dez
Evento encerrado

F1 descarta Assen e diz que Zandvoort é única opção para GP da Holanda

compartilhar
comentários
F1 descarta Assen e diz que Zandvoort é única opção para GP da Holanda
Por:
4 de mar de 2019 15:55

Categoria exige reforma em pista holandesa para retornar ao país, e alega que palco na MotoGP é longe de grandes cidades e aeroportos

A Fórmula 1 não considera mais a pista de Assen como uma candidata "adequada" para um GP da Holanda, e Zandvoort é agora a única opção para o retorno do mundial ao país, de acordo com o conselho esportivo da Holanda.

Zandvoort e Assen fizeram lobby por uma possível corrida de Fórmula 1 em 2020, com Zandvoort garantindo um acordo de exclusividade com o campeonato que expira no final deste mês. Assen, que vai receber a MotoGP e o DTM nesta temporada, tem sido considerada uma alternativa pronta para o caso de Zandvoort não conseguir seu financiamento.

Leia também:

No entanto, o NLsportraad publicou uma carta aberta informando após conversas com ambos os circuitos e a FOM que Assen não é mais uma opção para um GP de F1, e que a única opção para um GP na Holanda é a pista de Zandvoort.

Na carta, publicada na segunda-feira, o presidente do conselho esportivo Michael van Praag e o secretário geral Mariette van der Voet escreveram: "o contato direto entre a NLsportraad e o gerente responsável do FOM deixou claro que o circuito Zandvoort é o único candidato na Holanda adequado para organizar uma corrida de Fórmula 1 nos Países Baixos por causa da história e da proximidade das grandes cidades e aeroportos”.

"O FOM afirmou que a única possibilidade da corrida de Fórmula 1 ser concedida à Holanda é se o caso comercial de Zandvoort estiver concluído a tempo dos prazos discutidos."

A declaração vem um mês depois de o governo holandês confirmar que não apoiará financeiramente o evento.

Questões de financiamento têm sido o principal obstáculo de Zandvoort ao longo do projeto. A pista não conta com apoio financeiro local e nacional comprometido com a modernização das instalações do circuito ou com a cobertura do custo da taxa de hospedagem.

Assen diz que seria totalmente financiada, ajudada pelo apoio da província de Drenthe, da cidade de Assen e "um investidor estrangeiro que está preparado para garantir os custos da taxa de hospedagem".

De acordo com a carta da NLsportraad, Zandvoort afirma que a confiança dos possíveis patrocinadores diminuiu desde que o governo disse que só ofereceria ajuda para facilitar o evento.

Segundo a organização, possíveis patrocinadores "estão se tornando cada vez mais cautelosos" com o fato de Zandvoort e Assen rivalizarem entre si pelos direitos de receber a F1.

As autoridades da NLsportraad querem, portanto, que o governo nacional se comprometa a apoiar Zandvoort para que possa garantir o apoio financeiro necessário e “indispensável” para prosseguir com as negociações com a F1.

O GP da Holanda não é realizado desde 1985.

 

Próximo artigo
Sob ameaça, Ferrari deve retirar logos da Mission Winnow para GP na Austrália

Artigo anterior

Sob ameaça, Ferrari deve retirar logos da Mission Winnow para GP na Austrália

Próximo artigo

Pirelli revela escolhas de pneus feita por equipes para GP da Austrália

Pirelli revela escolhas de pneus feita por equipes para GP da Austrália
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Scott Mitchell