F1: Haas garante que dará tempo "de sobra" para Hulkenberg se adaptar

Devido ao período inativo na categoria, a equipe norte-americana garante que dará tempo ao alemão para que ele volte ao seu melhor nível

Nico Hulkenberg, Haas

Nico Hulkenberg ficou sem vaga no final da temporada de 2019 e não competiu no grid da Fórmula 1 desde então, exceto uma aparição esporádica, lugar ao qual retornará em tempo integral em 2023 como piloto da Haas, substituindo Mick Schumacher e como novo companheiro de equipe de Kevin Magnussen.

Leia também:

A equipe americana espera que o veterano piloto alemão, que completará 36 anos em agosto deste ano e que tem 181 GPs em seu currículo, possa lutar regularmente por pontos, algo que os ajudaria a subir na classificação.

No entanto, é muito provável que Hulkenberg esteja um pouco enferrujado e precise de tempo para se ajustar ao novo carro da Haas, especialmente considerando que em 2022 houve uma grande mudança nos regulamentos que alterou completamente o aspecto técnico dos carros. Portanto, a equipe americana está disposta a ter um pouco mais de paciência do que o normal com ele.

"Não posso dizer que vamos marcar pontos consistentemente, porque não sei o quão bom será o novo carro em comparação com nossos rivais", disse o diretor da Haas, Guenther Steiner, à televisão RTL. "Mas a tarefa de Nico será lutar por bons resultados e constantemente tirar o máximo potencial do carro. Ele tem que fazer isso o mais rápido possível", explicou o italiano.

Nico Hulkenberg, Haas

Nico Hulkenberg, Haas

Fotoğraf: Haas F1 Team

"Não estou realmente preocupado com Nico. Claro que estou interessado em ver como ele se desenvolve e como ele se comporta, porque ele fez poucas corridas nos últimos três anos. Mas ele se saiu bem nos treinos que foi permitido fazer e ele fez um ótimo trabalho quando teve que substituir Sebastian Vettel no início do ano passado."

"Claro, ele vai precisar de tempo para se ajustar 100% e voltar à sua melhor forma física. Nesse sentido, vamos dar a ele algumas corridas de sobra." Mas acho que ele é um daqueles pilotos que pode pilotar carros diferentes e se adapta rapidamente, ele competiu não só na Fórmula 1, mas também em corridas de endurance, então ele é bom em se adaptar ao que quer que esteja em suas mãos", Steiner concluiu.

A equipe americana terminou na oitava posição do campeonato de construtores em 2022 com um total de 37 pontos, dos quais 25 foram marcados por Magnussen e apenas 12 couberam a Mick Schumacher - um dos principais motivos pelos quais o piloto alemão não convenceu os americanos  para renovar seu contrato para 2023 e acabou assinando como reserva da Mercedes.

VÍDEO - HAMILTON: TRETA com Verstappen é “CONTO DE FADAS” / FIA pede CUIDADO com VENDA da F1

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast #214 – Quem pode surpreender na temporada 2023 da F1?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Leclerc e Norris podem bater recordes negativos em 2023; saiba quais
Próximo artigo Presidente da FIA contradiz F1 e diz que Andretti é única equipe a manifestar interesse de entrar na categoria

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil