F1: Hamilton é punido com 10 segundos por teste de largada feito antes da corrida

Piloto da Mercedes fez teste de largada fora da área designada pela Direção de Prova

F1: Hamilton é punido com 10 segundos por teste de largada feito antes da corrida

Lewis Hamilton terá um trabalho extra para conquistar sua 91ª vitória na Fórmula 1. O hexacampeão recebeu duas punições de cinco segundos cada após uma investigação da direção de prova por um teste de largada feito antes do GP da Rússia em Sochi.

O britânico foi visto realizando um teste de largada na saída do pit lane em sua ida ao grid. Os piloto só podem fazer esses testes por motivos de segurança, devido a preocupações com as velocidades dos carros na chegada à Curva 1 da pista.

Na quinta, o diretor de provas Michael Masi delimitou nas notas do evento onde que os pilotos poderiam realizar esses testes.

"Testes de largada só podem ser realizados no lado direitos após as luzes da saída do pit, e, para não restar dúvidas, isso inclui qualquer momento que a saída dos pits esteja aberta para a corrida", escreveu. "Os pilotos devem deixar espaço para outros pilotos passarem".

Os fiscais confirmaram rapidamente que o incidente estava sob investigação por ter realizad o teste fora do local designado. Com isso, a pole do piloto da Mercedes pode ser retirada caso ele seja considerado culpado.

Hamilton ainda pode ter pontos adicionados à sua super licença. No momento, ele já tem oito, e se receber mais quatro até o final do ano pode ser banido de uma corrida.

compartilhar
comentários
PÓDIO: Hamilton é punido e Bottas vence GP da Rússia de F1, com Verstappen em segundo

Artigo anterior

PÓDIO: Hamilton é punido e Bottas vence GP da Rússia de F1, com Verstappen em segundo

Próximo artigo

F1: Bottas se aproveita de punição a Hamilton e vence GP da Rússia

F1: Bottas se aproveita de punição a Hamilton e vence GP da Rússia
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Luke Smith