F1: Hamilton se diz pronto para ajudar Russell a se tornar próximo campeão britânico

Pilotos serão companheiros de equipe na Mercedes em 2022

F1: Hamilton se diz pronto para ajudar Russell a se tornar próximo campeão britânico
Carregar reprodutor de áudio

Lewis Hamilton disse que está pronto para intervir e ajudar George Russell a se tornar o próximo campeão mundial britânico da Fórmula 1 quando eles se tornarem companheiros de equipe na Mercedes na próxima temporada.

Hamilton acha que a atitude positiva de Russell, de 23 anos, e sua forte ética de trabalho, aliadas ao fato de eles estarem em estágios diferentes de suas carreiras com o heptacampeão 13 anos mais velho, abre uma oportunidade para eles trabalharem juntos.

Leia também:

Questionado o que achava sobre a chegada de Russell, Hamilton disse: “Estou em um lugar diferente. Eu realmente quero ver ele ter sucesso."

“Vai chegar um ponto em que não vou continuar neste esporte. Ele é meu companheiro de equipe e vai ser o próximo britânico que quero ver ganhar um campeonato mundial."

“Por isso, espero muito que, enquanto lutarmos e quero ganhar na pista, espero poder ter uma influência positiva na forma como ele se comporta dentro da equipe."

“Seja o tempo que ele se compromete com a engenharia, ou como ele verifica os dados, ou mesmo apenas como ele guia."

Russell trocará sua Williams por uma Mercedes quando se juntar a Hamilton no próximo ano

Russell trocará sua Williams por uma Mercedes quando se juntar a Hamilton no próximo ano

Foto por: Mark Sutton / Motorsport Images

Apesar de ser aberto sobre como ele quer ajudar Russell, Hamilton não tem ilusões sobre o quão ansioso seu novo companheiro de equipe estará para sair por cima imediatamente.

Hamilton vê Russell em uma situação semelhante à que enfrentou em 2007, quando era um estreante na McLaren ao lado do então bicampeão Fernando Alonso.

“Acho que você viu que George é extremamente respeitoso”, acrescentou Hamilton.

“Ele é um jovem super talentoso e acho que já existe um grande respeito. Há um bom equilíbrio no momento."

“Ele vai querer ser rápido. Ele vai querer aparecer e vencer, e fazer todas as coisas que você faz quando entra em uma nova função."

“Lembro-me de quando enfrentei o [Fernando] Alonso, claro que queria vencê-lo na primeira corrida."

“Então eu aprecio e espero que George tenha essa mentalidade, caso contrário ele não é um vencedor, sabe? Acredito que ele terá essa mentalidade”, concluiu.

F1 AO VIVO: Horner chama Wolff de 'COVARDÃO', Hamilton DETONA Red Bull e Max fala de possível BATIDA

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #149: Frank Williams é o maior personagem da F1 fora das pistas?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: FIA realiza testes com asas traseiras em Jeddah para definir flexibilidade da peça
Artigo anterior

F1: FIA realiza testes com asas traseiras em Jeddah para definir flexibilidade da peça

Próximo artigo

F1: Pirelli conclui que uso excessivo das zebras causou falhas dos pneus no Catar

F1: Pirelli conclui que uso excessivo das zebras causou falhas dos pneus no Catar