F1: Honda terá última atualização no motor de 2020 para GP da Rússia

compartilhar
comentários
F1: Honda terá última atualização no motor de 2020 para GP da Rússia
Por:

A partir de 30 de setembro, o carro e seus componentes terão seus desenvolvimentos congelados

Com o congelamento do carro de 2020 da Fórmula 1 marcado para o próximo dia 30 de setembro, as equipes e fornecedoras correm contra o tempo para entregar os últimos pacotes de atualização a tempo do GP da Rússia. E mesmo com a Honda anunciando que não teria novidades para a Red Bull em 2020, a dupla terá novos componentes neste fim de semana.

Recentemente, Verstappen deixou clara sua frustração com a Honda após o abandono em Monza e os problemas em Mugello antes mesmo da largada, que o deixaram muito distante de uma possível luta contra as Mercedes.

Leia também:

A Honda passou algum tempo após a corrida tentando chegar ao fundo do problema, e concluiu que a falha não estava relacionada aos componentes principais do motor, incluindo o MGU-K e o MGU-H.

Em vez disso, há uma suspeita de que uma combinação de fatores relacionados à parte elétrica do motor e o software causaram os problemas. Em resposta, a Honda trabalhou para evitar uma repetição desses problemas.

Falando antes do GP da Rússia, o diretor técnico da Honda na F1, Toyoharu Tanabe, disse: "Desde Mugello nossa prioridade tem sido analisar cuidadosamente a razão para o abandono de Max".

"Nossa investigação revelou que vários fatores causaram o problema e conseguimos aplicar medida de segurança para lidar com cada um deles, com o objetivo de garantir que a falha não aconteça novamente".

Verstappen estava extremamente frustrado com o abandono em Mugello, e a Red Bull jurou que o atualizaria sobre a situação e o que a Honda vinha fazendo. Refletindo sobre a situação, o holandês disse que segue tendo fé na montadora e no trabalho que estava sendo feito.

"Obviamente não é legal sair de uma corrida assim, ainda mais quando achávamos que teríamos uma chance de ir além do pódio. Nós discutimos o assunto como equipe e todos estão na mesma direção, tentando tirar o máximo de cada corrida".

Como parte de seu plano original, a Honda terá novos elementos da unidade de potência para seus pilotos, sendo a atualização final até o fim da temporada, com o congelamento dos componentes marcados para a próxima semana.

Red Bull RB16

(Temporada 2020)

Red Bull Racing-Honda RB16
Motor: Honda
Combustível: ExxonMobil
Pneus: Pirelli

Pilotos:

33 - Max Verstappen

23 - Alexander Albon

TELEMETRIA: Novo CEO da F1, frustração para Max e Vettel comparado a Schumi; Rico Penteado comenta

PODCAST: Qual é o limite de Max Verstappen na Red Bull?

 

F1: Alonso se coloca "disponível para tudo" que a Renault precisar em 2020

Artigo anterior

F1: Alonso se coloca "disponível para tudo" que a Renault precisar em 2020

Próximo artigo

F1: Após acidente em Mugello, Stroll será o único piloto da Racing Point com atualizações em Sochi

F1: Após acidente em Mugello, Stroll será o único piloto da Racing Point com atualizações em Sochi
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP da Rússia
Equipes Red Bull Racing
Autor Jonathan Noble