F1: Leclerc diz que desempenho da Ferrari em Mônaco é "bom demais para acreditar”

Piloto monegasco liderou dobradinha da Scuderia na segunda sessão de treinos de quinta-feira

F1: Leclerc diz que desempenho da Ferrari em Mônaco é "bom demais para acreditar”

Charles Leclerc disse que não se 'deixa levar' muito pelo ritmo da Ferrari nos treinos para o GP de Mônaco de Fórmula 1 e destacou: “Bom demais para acreditar”.

A Scuderia chamou a atenção com seu desempenho de quinta-feira (20) em Mônaco, com Leclerc liderando uma dobradinha do time na segunda sessão de treinos, superando o companheiro de equipe Carlos Sainz por um décimo de segundo.

Leia também:

Essa foi a primeira dobradinha da Ferrari em uma sessão na F1 desde o segundo treino para o GP do Brasil de 2019, atuando como o mais recente marco na recuperação da Scuderia de sua temporada difícil de 2020 - e estragando o domínio esperado da Mercedes e da Red Bull em Mônaco.

Lewis Hamilton e Max Verstappen ficaram surpresos com o ritmo do time de Maranello, mas sentiram que havia uma luta entre três equipes neste fim de semana.

Apesar do bom desempenho apresentado, Leclerc está cauteloso e certo de que as escuderias do topo "têm mais margem" do que a Ferrari. 

“Tenho certeza de que a Mercedes e a Red Bull têm mais margem do que nós”, disse Leclerc.

“Portanto, não devemos nos deixar levar muito. Teremos um dia amanhã para trabalhar duro e depois vamos ver onde vamos parar.”

Questionado se ele se sentia otimista, o monegasco respondeu: “Ainda não, quero esperar pelo sábado."

“Está parecendo bom. Por enquanto, parece bom demais para acreditar."

“Então vamos esperar para ver. No sábado, saberemos exatamente onde estamos na classificação e partiremos daí para a corrida."

A primeira posição no TL2 deixou Leclerc surpreso depois de ser forçado a ficar de fora durante a maior parte do primeiro treino devido a um problema na caixa de câmbio, deixando-o com pouca quilometragem para o dia.

“Fiquei bastante surpreso que tenha terminado assim [no TL2], porque em Mônaco é muito importante fazer o máximo de voltas que pudermos,” disse.

“Infelizmente, com o problema que tive no TL1, só fiz quatro voltas. Mas me senti bastante à vontade com o carro no TL2 e consegui colocar aquela volta."

A dificuldade do circuito de rua de Mônaco fez com que o piloto não confiasse muito nos dados de Sainz coletados durante o TL1.

“Sinceramente, do lado do piloto, é quase impossível encontrar referências com o que ele está fazendo, porque no final não tenho minhas próprias referências”, explicou.

“Então é basicamente tudo sobre sair no TL2 e tentar fazer o seu tempo, tentando pegar suas próprias referências."

“Depois da primeira volta, pude comparar um pouco com o Carlos para ver o que faltava. E acabei fazendo isso no final do TL2", concluiu. 

F1 2021 AO VIVO: Rico Penteado decifra o que deve acontecer no GP de Mônaco | TELEMETRIA

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #105 – O GP de Mônaco ainda é o ponto alto da F1?

 

compartilhar
comentários
F1: Ameaça de protesto sobre asas flexíveis pode realmente ir adiante?

Artigo anterior

F1: Ameaça de protesto sobre asas flexíveis pode realmente ir adiante?

Próximo artigo

F1: Norris diz que renovou com McLaren visando ser líder da equipe

F1: Norris diz que renovou com McLaren visando ser líder da equipe
Carregar comentários