F1: Leclerc supera Verstappen e lidera TL1 para o GP da Arábia Saudita em sessão interrompida por bandeira vermelha

Principal categoria do automobilismo mundial retorna ao circuito de rua de Jeddah menos de quatro meses após a edição inaugurado do GP

F1: Leclerc supera Verstappen e lidera TL1 para o GP da Arábia Saudita em sessão interrompida por bandeira vermelha
Carregar reprodutor de áudio

Nesta sexta-feira, a Fórmula 1 abriu os trabalhos em Jeddah para o GP da Arábia Saudita, segunda etapa da temporada 2022. E na primeira sessão de treinos livres do fim de semana, Charles Leclerc superou Max Verstappen nos minutos finais para terminar na ponta, com Valtteri Bottas fechando o top 3, enquanto Lewis Hamilton foi o nono com a Mercedes.

Mas enquanto o monegasco fez seu melhor tempo de pneus macios, o atual campeão da F1 fez sua marca com o composto mais duro. Completaram o top 10: Carlos Sainz, Pierre Gasly, Yuki Tsunoda, Sergio Pérez, Esteban Ocon, Lewis Hamilton e Fernando Alonso.

Leia também:

Mesmo com o pouco tempo entre as corridas, a etapa de Jeddah traz algumas mudanças no circuito visando aumentar a visibilidade e a segurança dos pilotos, com o recuo de algumas barreiras e o alargamento da última curva. Além disso, o grid segue com a formação do Bahrein, com Nico Hulkenberg ainda substituindo Sebastian Vettel na Aston Martin.

 

Com classificação e corrida acontecendo na noite saudita, o TL1, assim como o TL3, apresentam tempos pouco representativos para o fim de semana, mas possuem outros pontos importantes para as equipes: além do reconhecimento de pista, muitas aproveitam para testar novos componentes.

Após os 15 minutos iniciais da sessão, Verstappen liderava com 01min30s888, feito com o composto C2, o mais duro do fim de semana. Em um domínio total dos motores Red Bull, Tsunoda era o segundo, 0s822 atrás, Gasly em terceiro, apenas 0s008 atrás do companheiro de AlphaTauri e Pérez o quarto, 1s801 atrás do holandês, todos de pneu duro. Hamilton, de macio, era o quinto, 2s1 atrás.

Com 43 minutos para o fim, a bandeira vermelha foi acionada porque Ricciardo acertou uma placa de isopor que caiu da grade, ficando na beirada da pista. O toque deixou muitos detritos, e uma limpeza lenta fez com que a sessão ficasse parada por dez minutos.

 

Após a liberação da pista, os pilotos não perderam tempo e já saíram novamente à pista, buscando aproveitar o tempo restante para reconhecimento de pista e testes aerodinâmicos, e muitos já com os compostos macios.

A 20 minutos do fim, Verstappen se mantinha na ponta com o mesmo tempo, tendo agora em segundo Gasly de macio, a 0s427 do holandês, mesmo com um leve toque no muro no terceiro setor. Leclerc, de duro, era o terceiro, com Tsunoda em quarto e Ocon em quinto, enquanto Pérez e Hamilton vinham em sexto e sétimo.

 

No final, Charles Leclerc superou Max Verstappen para terminar na ponta com 01min30s722, 0s116 à frente do holandês. Mas enquanto o tempo do monegasco foi feito de macios, o holandês fez o seu com o duro.

Valtteri Bottas foi o terceiro. Completaram o top 10: Carlos Sainz, Pierre Gasly, Yuki Tsunoda, Sergio Pérez, Esteban Oocn, Lewis Hamilton e Fernando Alonso.

A Fórmula 1 volta à pista de Jeddah logo mais para o segundo treino livre para o GP da Arábia Saudita. A sessão está marcada para 14h, horário de Brasília, com transmissão do Bandsports. E anote aí: assim que acabar o TL2, tem Sexta-Livre ao vivo no canal do Motorsport.com no YouTube com uma análise completa do primeiro dia de atividades na Arábia. Não perca!

Cla # Piloto Equipe Motor Voltas Melhor Tempo Diferença
1 16 Monaco Charles Leclerc Ferrari Ferrari 17 1'30.772  
2 1 Netherlands Max Verstappen Red Bull Red Bull 24 1'30.888 0.116
3 77 Finland Valtteri Bottas Alfa Romeo Ferrari 22 1'31.084 0.312
4 55 Spain Carlos Sainz Jr. Ferrari Ferrari 14 1'31.139 0.367
5 10 France Pierre Gasly AlphaTauri Red Bull 28 1'31.317 0.545
6 22 Japan Yuki Tsunoda AlphaTauri Red Bull 26 1'31.505 0.733
7 11 Mexico Sergio Perez Red Bull Red Bull 25 1'31.563 0.791
8 31 France Esteban Ocon Alpine Renault 26 1'32.026 1.254
9 44 United Kingdom Lewis Hamilton Mercedes Mercedes 20 1'32.364 1.592
10 14 Spain Fernando Alonso Alpine Renault 23 1'32.381 1.609
11 3 Australia Daniel Ricciardo McLaren Mercedes 24 1'32.506 1.734
12 18 Canada Lance Stroll Aston Martin Mercedes 23 1'32.582 1.810
13 4 United Kingdom Lando Norris McLaren Mercedes 24 1'32.594 1.822
14 24 China Zhou Guanyu Alfa Romeo Ferrari 26 1'32.608 1.836
15 63 United Kingdom George Russell Mercedes Mercedes 19 1'32.839 2.067
16 27 Germany Nico Hulkenberg Aston Martin Mercedes 23 1'33.034 2.262
17 23 Thailand Alex Albon Williams Mercedes 25 1'33.087 2.315
18 6 Canada Nicholas Latifi Williams Mercedes 26 1'33.529 2.757
19 47 Germany Mick Schumacher Haas Ferrari 22 1'34.429 3.657
20 20 Denmark Kevin Magnussen Haas Ferrari 2    

Vitória de VERSTAPPEN? F1 promete ENQUADRAR produção de DRIVE TO SURVIVE após “fabricar rivalidades”

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #169 - TELEMETRIA: Rico Penteado aponta o que GP na Arábia terá de diferente

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
Podcast #169 – TELEMETRIA: Rico Penteado aponta o que corrida na Arábia terá de diferente
Artigo anterior

Podcast #169 – TELEMETRIA: Rico Penteado aponta o que corrida na Arábia terá de diferente

Próximo artigo

F1: Red Bull confirma que vácuo no sistema de combustível ocasionou abandonos no Bahrein

F1: Red Bull confirma que vácuo no sistema de combustível ocasionou abandonos no Bahrein