F1: Mercedes resolveu contrato de Hamilton para evitar "distrações" na luta pelo título

Toto Wolff disse que, enquanto Hamilton ainda tiver paixão pelas corridas, o heptacampeão terá um lugar na Mercedes

F1: Mercedes resolveu contrato de Hamilton para evitar "distrações" na luta pelo título

Neste sábado, a Mercedes confirmou a renovação do contrato com Lewis Hamilton, garantindo o heptacampeão na equipe até 2023. E Toto Wolff disse que queria resolver o novo acordo com o britânico o mais rápido possível para que ele não ficasse distraído em meio à intensa luta com Max Verstappen pelo título da Fórmula 1 em 2021.

A Mercedes está em uma luta apertada com a Red Bull pelos títulos deste ano, com a rival em sua melhor forma, vencendo os últimos quatro GPs.

Leia também:

Com a Mercedes ciente de que precisa ir com tudo para não deixar a Red Bull escapar, a possibilidade de arrastar as negociações de contrato não eram ideais. Então, antes do GP da Áustria, a equipe alemã confirmou a manutenção de Hamilton até o fim de 2023.

Wolff disse que a equipe sempre deixou claro que queria a permanência de Hamilton, e buscava finalizar a negociação o mais cedo possível.

"Entrando em uma nova era na F1 a partir de 2022, não há melhor piloto para termos em nossa equipe do que Lewis", disse Wolff. "Suas conquistas no esporte falam por si próprio, e, com sua experiência, velocidade e habilidade, ele está no auge de seus poderes".

"Estamos gostando a batalha que temos em mãos neste ano, e é por isso que queríamos fechar esse contrato cedo, para que não tenhamos distrações da competição na pista. Sempre disse que, enquanto Lewis tiver um fogo pelas corridas, ele poderá continuar pelo tempo que quiser".

Lewis Hamilton, Mercedes W12

Lewis Hamilton, Mercedes W12

Photo by: Zak Mauger / Motorsport Images

A notícia da permanência de Hamilton foi bem recebida pelo CEO da F1 Stefano Domenicali, que está bem ciente da atração que o heptacampeão traz para o esporte.

"Essa é uma notícia fantástica para a Fórmula 1, e estou feliz que Lewis seguirá na F1 por pelo menos dois anos. O que ele conquistou no esporte é incrível e sei que há mais por vir dele. Ele é uma estrela global dentro e fora das pistas e seu impacto positivo na F1 é enorme".

Os comentários sobre distrações afetando a Mercedes veio após o chefe da Ferrari, Mattia Binotto sugerir na semana passada que a equipe alemã está pagando o preço por instabilidade interna de seus membros, além do contrato tardio de Hamilton.

"Já no ano passado tiveram mudanças internas significativas, com papeis que talvez tenham sido revisados. Além da assinatura com o piloto apenas em fevereiro. Acho que são sinais de distrações que levaram à situação atual", disse Binotto.

F1 2021: REAÇÃO da Mercedes? Veja os destaques dos treinos para o GP da Áustria | SEXTA-LIVRE

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #116 - TELEMETRIA: Quais as esperanças de Hamilton na Áustria? Rico Penteado responde

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: FIA intensifica policiamento contra lentidão dos pilotos nas curvas finais do Red Bull Ring

Artigo anterior

F1: FIA intensifica policiamento contra lentidão dos pilotos nas curvas finais do Red Bull Ring

Próximo artigo

Q4 AO VIVO: Veja debate sobre a classificação para o GP da Áustria, com pole de Verstappen

Q4 AO VIVO: Veja debate sobre a classificação para o GP da Áustria, com pole de Verstappen
Carregar comentários