F1 ofereceu à China possibilidade de realizar rodada dupla em 2020

compartilhar
comentários
F1 ofereceu à China possibilidade de realizar rodada dupla em 2020
Por:

A organização da prova recebeu a proposta da F1, mas ainda estão analisando a possibilidade

Com a primeira parte do calendário de 2020 da Fórmula 1 anunciada, a categoria busca agora fechar o resto do cronograma deste ano, e analisa quais provas podem ser acrescentadas, dentro e fora da Europa. Para tentar realizar o maior número possível de provas, a F1 considera fazer mais rodadas duplas e a China pode entrar nessa lista, que já conta com Áustria e Reino Unido.

A incerteza da pandemia do coronavírus tornou as coisas mais complicadas, e existe agora um plano de contingência de realizar uma ou duas provas a mais na Europa antes de olhar para as opções nos demais continentes.

Leia também:

O GP da China foi a primeira prova da temporada afetada nesse ano, sendo adiada antes mesmo do GP da Austrália, mas a organização sempre manteve a esperança de realizar a prova em 2020 - e agora está em discussão com a Liberty Media sobre o futuro do evento.

O diretor da Secretaria de Esportes de Xangai, Xu Bin, disse na segunda-feira que a cidade está disposta a realizar uma prova nesse ano ao invés de esperar 2021, e que estava ponderando se pretendia dar sequência à proposta de fazer uma rodada dupla.

Falando com uma emissora de rádio local, ele disse: "As organizações esportivas internacionais se preocupam muito com esses eventos de nível mundial na China e em Xangai. Apesar de várias mudanças em nossos eventos devido à pandemia, nós recebemos apoio das organizações esportivas nacionais e internacionais para nossos eventos".

"Nós teremos permissão de realizar eventos em Xangai a partir da segunda metade do ano, dependendo da situação da pandemia".

Quando perguntado sobre a possibilidade de realizar uma rodada dupla da F1, Xu disse: "Nenhuma decisão foi tomada ainda. Mas houve uma proposta da FOM [Formula One Management]".

"A F1 anunciou seu retorno com oito provas na Europa, e sem nenhuma prova na Ásia. A corrida foi adiada para o segundo semestre. Durante a discussão, a FOM perguntou se poderíamos realizar duas provas em Xangai. Ainda não decidimos. Dependerá da situação da pandemia".

VÍDEO: Live com Ricardo Penteado: histórias com Nelsinho, Alonso, Kubica e mais...

PODCAST Motorsport.com entrevista Felipe Massa, último piloto brasileiro da Fórmula 1

 

.

Entenda como Portugal pode voltar a receber a F1 após mais de 20 anos

Artigo anterior

Entenda como Portugal pode voltar a receber a F1 após mais de 20 anos

Próximo artigo

Bottas diz ser um "piloto mais completo" após pausa estendida da F1

Bottas diz ser um "piloto mais completo" após pausa estendida da F1
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Frankie Mao