F1: Pérez crava três voltas seguidas com mesmo tempo na Áustria; feito não é inédito

Mexicano fez 1min09s996 em três giros consecutivos, igualando o feiro de Valtteri Bottas no GP do México de 2016

F1: Pérez crava três voltas seguidas com mesmo tempo na Áustria; feito não é inédito
Carregar reprodutor de áudio

Uma das qualidades de um piloto da Fórmula 1 atual é a consistência. Alguns deles levam isso a sério demais, como no caso de Sergio Pérez. O piloto mexicano fez algo incrível durante o GP da Áustria neste domingo (04), apesar de não ter conseguido um grande resultado para a Red Bull.

Leia também:

Nas voltas 23, 24 e 25, Pérez cravou exatamente o tempo de 1min09s996, de acordo com a cronometragem oficial. Coincidência? O feito não é inédito, tendo ocorrido pela primeira vez no GP do México de 2016, com Valtteri Bottas, hoje o rival mais direto do piloto da Red Bull. Naquela oportunidade, o finlandês fez o mesmo tempo nas voltas 44, 45 e 46.

Mas o mais famoso caso de tempos exatamente iguais ocorreu no GP da Europa de 1997, em Jerez, quando Jacques Villeneuve, Michael Schumacher e Heinz-Harald Frentzen cravaram 1min21s072. O canadense acabou levando a pole position por ter feito a marca primeiro.

 

 

VEJA primeiras fotos do NOVO CARRO da F1 2022 com ANÁLISE de Rico Penteado

PODCAST: Mercedes jogou a toalha para 2021 após derrota na Estíria?

 

compartilhar
comentários
Mazepin detona "mundo de duas faces" na F1 onde pilotos de sucesso não são criticados como outros
Artigo anterior

Mazepin detona "mundo de duas faces" na F1 onde pilotos de sucesso não são criticados como outros

Próximo artigo

F1: Entenda por que a FIA não se abala com as críticas de punição na Áustria

F1: Entenda por que a FIA não se abala com as críticas de punição na Áustria
Carregar comentários